PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

PF cumpre mandados em escritórios de advocacia

expresso 150

01:30 | 11/10/2018

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 10, a quinta fase da Operação Expresso 150. Seis mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Ministro Herman Benjamin do STJ, foram cumpridos no Ceará. Quatro foram realizados em Juazeiro do Norte, no Cariri, e dois em Fortaleza.

 

A PF informou, por meio de nota, que as ações aconteceram em escritórios de advocacia, empresas e residências. Os mandados fazem parte da 5ª fase da força-tarefa que investiga a venda de liminares em plantões judiciários envolvendo desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), além de advogados e traficantes.

 

No último dia 18 de setembro, o desembargador cearense Carlos Rodrigues Feitosa teve aposentadoria compulsória determinada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por participar de esquema que vendia liminares pelo WhatsApp. Desde 2015, a Corregedoria Nacional de Justiça apurava as irregularidades na conduta do desembargador.

 

Operação

 

O esquema de venda de liminares nos plantões do Tribunal de Justiça do Ceará foi detectado em julho de 2013, durante investigação de combate ao tráfico de drogas no Ceará pela Polícia Federal