PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Número de agentes penitenciários tem incremento de quase 50%

| CEARÁ | Com a posse, o sistema, hoje com 28 mil detentos, passa a contar com 3.136 agentes. O investimento estadual na admissão dos concursados foi de mais de R$ 38 milhões

04/07/2018 01:30:00
NULL
NULL (Foto: )
[FOTO1]

Mil novos agentes penitenciários foram empossados ontem em cerimônia no Centro de Eventos do Ceará. O reforço no efetivo representa um aumento de quase 50% em relação aos 2.136 profissionais já atuavam no sistema prisional. Os mil agentes, que participaram de concurso iniciado em outubro de 2017, receberam o termo de posse e exercício e a lotação nas regiões para as quais se inscreveram, em todo o Estado.


O Sindicato dos Agentes e Servidores Públicos do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp-CE) pedia desde o ano passado a criação de 3.600 novas vagas para desafogar a situação no sistema, que atende cerca de 28 mil presos. Além das vagas já preenchidas, o governador Camilo Santana encaminhou à Assembléia Legislativa na semana passada uma mensagem de lei criando 700 outros cargos de agente.


O concurso teve 76 mil inscritos, dos quais passaram apenas 850 homens e 150 mulheres. Os candidatos precisaram passar por uma prova objetiva, inspeção de saúde, avaliação de saúde psicológica, treinamento de aptidão física e um curso de formação. O investimento com a admissão dos selecionados foi de R$ 38.897.474,40.


Na cerimônia de posse estiveram presentes o governador Camilo Santana, a secretária da Justiça e Cidadania, Socorro França, e o secretário da Segurança Pública, André Costa. “Esse efetivo vai além de reforçar a demanda que já existia, vai poder garantir a ampliação das unidades que estão sendo inauguradas e a ampliação das vagas no sistema”, garantiu Camilo Santana. “Essa área da segurança talvez seja o maior desafio para o País e para o Estado”, disse.


Socorro França ressaltou a importância dos agentes penitenciários para a ressocialização dentro do sistema. “É necessário que nós tenhamos a força do agente penitenciário para que a gente possa dar um grande avanço no sistema penitenciário”, declarou. Um dos mil empossados, Thiago Carvalho, 31, aceita o desafio. “O sistema precisa muito da gente, é muito trabalho, mas acho que vai ser muito gratificante”, afirma.


O Centro de Detenção Provisória foi inaugurado na semana passa em Aquiraz. O equipamento tem meta de zerar o número de presos em delegacias do Estado.

 

OBRAS


Cinco unidades estão sendo construídas no Ceará: duas na Região Metropolitana de Fortaleza, uma no município de Tianguá e outra, em Crateús; além da unidade de segurança máxima.

 

RMF E INTERIOR


Dos mil agentes penitenciários que tomaram posse ontem 500 devem ser lotados na Região Metropolitana e 500, no Interior, segundo a secretária da Justiça e Cidadania, Socorro França.

HELOISA VASCONCELOS

TAGS