PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Chuvas no Estado devem continuar

| CONVERGÊNCIA INTERTROPICAL |

09/07/2018 01:30:00

Atualizado em 9/7/2018 às 10h20min

 
Mesmo com a quadra chuvosa tendo se encerrado há mais de um mês, Fortaleza e outros municípios do Ceará registram fortes chuvas desde a última sexta-feira, 6. Só na Capital, o acúmulo de precipitações chegou a 117 mm. Foi uma das maiores chuvas do ano.


O túnel da avenida Borges de Melo, inaugurado na semana passada em Fortaleza, ficou inundado e precisou ser interditado. O sistema de bombeamento foi reforçado e a via liberada para o tráfego no sábado.


A previsão para hoje, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), é de nebulosidade variável com eventos de chuva na faixa litorânea e Serra da Ibiapaba. Nas demais regiões, céu parcialmente nublado. Amanhã, ainda são previstos eventos de chuva na região centro-norte do Estado. Nas demais regiões, céu parcialmente nublado. 


A Funceme explica que o clima ameno e as chuvas se devem à presença de Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOL), que se deslocaram do oceano Atlântico em direção ao continente. Os DOL são perturbações no campo de vento e pressão que atuam na faixa tropical do globo terrestre, em área de influência dos ventos alísios, que se deslocam desde a costa da África até o litoral leste do Brasil.

 

Anteriormente, O POVO havia afirmado que o motivo das precipitações seria a Zona de Convergência Intertropical. Entretanto, a afirmação estava incorreta.   

 

 

TAGS