PUBLICIDADE
Jornal

VERSÃO IMPRESSA

Advogados indicam que vão pedir habeas corpus

28/07/2018 01:30:00

O advogado Kaio Castro (que representa Raimundo Nonato, Rafael Domingues, Antônio Chaves, Audízio Júnior, Antônio Maciel, Francisco Alex e Antônio Henrique) e o advogado Paulo Dias (que representa Eduardo Júnior) vão entrar com pedidos de habeas corpus e alegam que não há fato novo que justifique as prisões preventivas.


Os advogados ainda apontam que as os clientes não respondiam a nenhum procedimento anterior, no casos dos policiais, e nem tinham condenações, no caso do motorista, e que têm endereços fixos.


O Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), por meio de nota, manifestou “o desejo de que todos os fatos sejam apurados de forma transparente e justa, de modo a não macular o nome de pessoas inocentes”.


Os defensores dos demais denunciados não foram encontrados pelo O POVO.

TAGS