PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

UPA é inaugurada naComunidade do Dendê

| EDSON QUEIROZ | A 12ª UPA de Fortaleza começou a funcionar ontem. Três ambulâncias do Samu também foram entregues

02/06/2018 01:30:00
NULL
NULL (Foto: )

[FOTO1]
Com 12 unidades, Fortaleza é a Capital do Brasil com o maior número de leitos em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) por cidadão. A Comunidade do Dendê, no bairro Edson Queiroz, recebeu um equipamento que deve atender, em média, 450 pacientes por dia. A UPA contará com atividades de pesquisa e extensão dos cursos de saúde da Universidade de Fortaleza (Unifor). Também foram entregues três novas ambulâncias incorporadas à frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na Cidade.

O equipamento, que funcionará 24 horas por dia conta com 15 leitos e mini Unidade de Tratamento Intensivo. Além de médicos para os pacientes internados, nove profissionais emergencistas, entre clínicos-gerais e pediatras, devem atuar na unidade.

“As UPAs têm uma média de 98% de resolutividade. Só 2% são referenciados para outro tipo de serviço. Por isso são tão bem avaliadas pela população”, frisou o prefeito Roberto Cláudio (PDT).
Alunos dos cursos de Medicina, Enfermagem, Terapia Ocupacional e Nutrição da Unifor atuarão no equipamento, por meio de atividades de estágio supervisionado.
 

A obra foi realizada pelo projeto Juntos Por Fortaleza, parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza. Denominada UPA Yolanda Pontes Vidal Queiroz, a unidade foi construída em terreno doado pela Fundação Edson Queiroz.
 

A construção da nova unidade foi realizada pelo poder municipal com aporte de R$ 360,5 mil de verba estadual para compra dos equipamentos. O investimento na obra é estimado em R$ 6 milhões.
 

Das 12 UPAs da Capital, seis são geridas pela Prefeitura e seis pelo Estado. “Vamos repassar mensalmente recursos para manter o funcionamento”, disse o governador Camilo Santana (PT), acrescentando que a UPA “é o mais importante equipamento de saúde de urgência e emergência”. Na ocasião, três UTIs móveis novas foram incorporadas à frota do Samu rodando na Capital, somando cinco ao total.Além de 19 ambulâncias básicas fazendo o atendimento.

 

12ª UPA
 

A estrutura é composta por farmácia, consultórios, laboratório, administração, salas de observação, espera, repouso e atendimentos 

 

SAIBA MAIS
 

QUANDO IR À UPA?
 

O atendimento de urgência e emergência acontece sete dias por semana, 24 horas por dia e não precisa de agendamento. A população pode procurar as UPAs quando apresentar dor de cabeça forte, dor no peito, dor nas costas, falta de ar, vômito com sangue, queda com desmaio, convulsão, formigamento no rosto (boca torta), engasgo (adultos e crianças), crise dos nervos, sangramento sem motivo, desmaios, envenenamento, overdose, ferimento e cortes simples ou queimaduras. 

ANA RUTE RAMIRES

TAGS