PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Farmácia que vende remédio falso pode ser fechada

16/03/2017 01:30:00
NOVA LEI

O plenário do Senado aprovou ontem projeto de lei que permite que farmácias que vendam medicamentos falsificados sejam fechadas por tempo indeterminado. Atualmente, a lei prevê prazo máximo de 90 dias de interdição do estabelecimento ou suspensão da venda do item sob suspeita, período após o qual, se nada ficar comprovado, a farmácia pode ser reaberta.


RIO DE JANEIRO


Primeira morte por febre amarela é confirmada

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou ontem a primeira morte por febre amarela silvestre no Rio de Janeiro. A vítima é o pedreiro Watila dos Santos, de 38 anos, que morreu no sábado, em Casimiro de Abreu, a 130 quilômetros da capital. A doença também foi diagnosticada em Alessandro Valença Couto, de 37 anos,cujo estado de saúde é considerado bom.


SENADO


Regulamentada profissão de detetive particular

O senado aprovou, ontem, o projeto que regulamenta a profissão de detetive particular. O texto define regras para o exercício da profissão, entre elas a conclusão de curso de profissionalização, e também define a área de atuação dos profissionais, para que o trabalho não se confunda com o da polícia. O texto é do ex-deputado e atual ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira (PTB-RS).

Adriano Nogueira

TAGS