Participamos do

Presidente do Fortaleza detalha contratação de Romero: "Desde o início ele tinha interesse"

O dirigente reforça que jogar a Copa Libertadores foi um dos fatores para o atleta aceitar a oferta do Tricolor do Pici
13:22 | Jan. 14, 2022
Autor Juliete Costa
Foto do autor
Juliete Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em entrevista ao programa Esportes do POVO, Marcelo Paz ressaltou que a negociação com o atacante Silvio Romero não foi complicada. De acordo com o dirigente, o atleta mostrou interesse desde o início das tratativas. Marcelo Paz também detalhou as conversas e os valores envolvidos na contratação do argentino.

“A gente sentiu desde o começo que podia ser real, ele poderia vir, tinha interesse de vir. Atendeu a todas as nossas chamadas. Estava sempre a disposição. Esse é o feeling de quando o cara quer vir. Eu não diria que foi tão complicado porque ele tinha esse interesse de vir. O que era mais complicado era a liberação do Independiente porque o Silvio Romero é um jogador importantíssimo do clube. Ele queria sair, viver uma nova experiência. Ele foi um interlocutor importante junto com o empresário, de abrir esse caminho para vir para cá”, ressaltou.

Marcelo Paz explicou que o jogador já interessava ao clube, antes mesmo de serem divulgadas propostas de outros clubes. "O nome do Silvio Romero já estava na lista do CIFEC (Centro de Inteligência do Fortaleza Esporte Clube). Ele tem lista de jogador por posição na característica que a gente deseja e jogadores dentro de alguma viabilidade, lógico. O Silvio estava na lista”, afirmou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O dirigente reforça que jogar a Copa Libertadores foi um dos fatores para o atleta aceitar a oferta do Fortaleza. Somado a isso, há o fato de Vojvoda, técnico do Leão, também ser argentino, assim como a comissão técnica.

"Toda negociação tem suas nuances. A questão salarial, objetivos por performance, atrativos que o atleta possa se motivar. O fato de jogar a Libertadores da América sem dúvidas é um diferencial. Ele, como um atleta de grandes ambições, quer jogar de novo a Libertadores. O fato de ter um treinador argentino, mesmo país dele, que fala mesmo idioma também facilita. Acho que é um somatório.O cara coloca na balança e diz: é melhor eu ir pra cá”, ressaltou.

O camisa 9 chega ao Fortaleza como a principal contratação do clube para 2022 e com a expectativa de melhorar o aspecto ofensivo da equipe tricolor. “Então, a expectativa é boa de que ele faça um grande ano. Claro, tem a adaptação. Mas, talento todo mundo sabe que ele tem. Nosso papel é fazer com que ele consiga desenvolver o melhor possível o talento que ele tem. A ideia é qualificar o ataque. É um goleador. É um atleta reconhecido, de qualidade. O treinador conhece e ele vai ser muito útil, sobretudo se encaixar no espírito da equipe.", completa Marcelo Paz.

O Fortaleza desembolsou 150 mil dólares (cerca de R$ 820 mil) para conseguir a liberação do atleta por empréstimo até o fim do ano. No acordo entre o clube do Pici e o Independiente-ARG, há uma cláusula de opção de compra com valor de 1 milhão de dólares (cerca de R$ 5,5 milhões). Ao fim do vínculo de empréstimo, a diretoria tricolor decidirá se exercerá o direito de adquirir o atleta em definitivo.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags