PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

Zach Lavine entra em quarentena e não viaja com os EUA para Tóquio

O jogador do Chicago Bulls participou do último amistoso da seleção estadunidense de basquete, domingo, 18, contra a Espanha

13:47 | 20/07/2021
Zach Lavine entrou em protocolo de quarentena de prevenção contra a Covid-19 e não viajou com a seleção de basquete dos Estados Unidos para as Olimpíadas de Tóquio (Foto: Ned Dishman / NBAE / Getty Images / Getty Images via AFP)
Zach Lavine entrou em protocolo de quarentena de prevenção contra a Covid-19 e não viajou com a seleção de basquete dos Estados Unidos para as Olimpíadas de Tóquio (Foto: Ned Dishman / NBAE / Getty Images / Getty Images via AFP)

A seleção olímpica de basquete dos Estados Unidos sofreu um novo contratempo nesta segunda-feira, 19, quando Zach Lavine, astro do Chicago Bulls, entrou no protocolo de prevenção contra o novo coronavírus. A medida impediu que o armador viajasse para Tóquio com o restante da equipe, que faz sua estreia nos Jogos no domingo, 25, diante da França.

Em nota oficial, a federação americana informou que Lavine foi isolado "por precaução", mas que espera a volta do jogador ainda ao longo da semana, descartando o corte às vésperas do início das Olimpíadas no Japão. Não foi revelado, no entanto, se o armador de 26 anos testou positivo para Covid-19 ou se esteve em contato com alguém infectado.

Lavine, que teve uma média de 27,4 pontos por jogo com o Bulls na atual temporada da NBA, marcou 13 pontos na vitória dos EUA sobre a Espanha por 83 a 76, no último domingo, em Las Vegas, Nevada, no encerramento da preparação para o torneio olímpico. A equipe comandada pelo veterano Gregg Popovich já havia perdido o ala-armador Bradley Beal, do Washington Wizards, e o ala-pivô Kevin Love, do Cleveland Cavaliers. O primeiro também entrou no protocolo contra o novo coronavírus, e o segundo sofreu uma lesão na panturrilha.

Beal e Love foram substituídos pelo pivô JaVale McGee, do Cavaliers, e pelo jovem ala Keldon Johnson, do San Antonio Spurs. Além disso, o técnico Popovich ainda não pode contar com três jogadores que estão disputando as finais da NBA: Jrue Holiday e Khris Middleton, do Milwaukee Bucks, e Devin Booker, do Phoenix Suns.