PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Nadador Luiz Altamir, radicado no Ceará, conquista vaga na Olimpíada de Tóquio

Por bom desempenho na Seletiva Olímpica de Natação, atleta conquista direito de integrar a equipe brasileira no revezamento 4x200m nos Jogos Olímpicos. Será a segunda Olimpíada da carreira.

Victor Hugo Pinheiro
21:43 | 20/04/2021
Luiz Altamir vai defender o Brasil no revezamento 4x200m nos Jogos Olímpicos (Foto: BÁRBARA MOIRA)
Luiz Altamir vai defender o Brasil no revezamento 4x200m nos Jogos Olímpicos (Foto: BÁRBARA MOIRA)

Radicado no Ceará, o nadador Luiz Altamir garantiu vaga na Olimpíada de Tóquio pelo desempenho na Seletiva Olímpica de Natação, disputada no Parque Maria Lenk, nesta terça-feira, 20. O atleta representa o Brasil na prova de revezamento 4x200m nos Jogos Olímpicos, ao lado do trio formado por Fernando Scheffer, Breno Correia e Murilo Sartori.

Além da vaga em Tóquio-2020 já garantida na prova por equipe, Luiz Altamir também pode participar nos 200m borboleta, desde que alcance o índice olímpico de 1min58seg84. O atleta disputa a classificação dos 200m borboleta nesta quarta-feira, 21, com previsão de início às 9h34min.

A prova dos 200m livre foi disputada nesta terça-feira, e Luiz Altamir terminou na quarta posição. Os nadadores Fernando Scheffer (1min46s28) e Breno Correia (1min46s78) tiveram desempenho para disputar a prova individual, enquanto Murilo Sartori ficou em terceiro. Os quatro primeiros colocados da prova são os convocados para representar o Brasil no revezamento.

Aos 24 anos, Luiz Altamir nasceu em Boa Vista-RR, mas possui raízes cearenses, tanto é que compete pelo Ideal Clube. O nadador vai disputar os Jogos Olímpicos pela segunda vez, uma vez que estreou no Rio de Janeiro, em 2016. Em Tóquio, o atleta terá a possibilidade de conquistar a sonhada medalha olímpica.

O atleta é um dos principais nadadores do cenário nacional, fazendo parte da equipe que conquistou a vaga olímpica no revezamento 4x200m livre. A trajetória dele é marcada por vitórias. Nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019, faturou três medalhas: ouro com o 4x200m livre, prata com o 4x100m medley e bronze nos 400m livre.