PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Federação confirma cancelamento de Pré-Olímpico marcado para o Japão

Federação Internacional de Esportes Aquáticos procura por nova sede para realizar competições de saltos ornamentais, águas abertas e nado artístico. Torneios garantem vaga na Olímpiada de Tóquio

Victor Hugo Pinheiro
17:14 | 05/04/2021
Federação Internacional de Esportes Aquáticos (Fina) cancela pré-olímpicos de saltos ornamentais, águas abertas e nado artístico (Foto: Satiro Sodré/CBDA)
Federação Internacional de Esportes Aquáticos (Fina) cancela pré-olímpicos de saltos ornamentais, águas abertas e nado artístico (Foto: Satiro Sodré/CBDA)

A Federação Internacional de Esportes Aquáticos (Fina) cancelou todas as competições pré-olímpicas marcadas o Japão. De acordo com comunicado enviado à Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), a entidade tomou a decisão de não realizar as competições por considerar que o protocolo sanitário japonês não garantiria a saúde e proteção dos participantes, além da logística ser prejudicada com as recomendações da organização local.

A Copa do Mundo de saltos ornamentais estava prevista para os dias 18 e 23 de abril, em Tóquio. Também na capital japonesa, aconteceria o Pré-Olímpico de nado artístico, entre 1° e 5 de maio. Já a seletiva de águas abertas deveria ser realizada em Fukuoka, nos dias 29 e 30 de maio. A Fina informou que em breve deve anunciar nova data e local para os torneios classificatórios.

"A decisão de realocar as seletivas olímpicas da Fina planejadas para o Japão está sendo revisada. Um anúncio será feito na próxima semana", afirmou a Fina.

As competições de pré-olímpico vão definir as últimas vagas para a Olímpiada de Tóquio nas modalidades aquáticas. Além de valer participação nos Jogos, os torneios classificatórios faziam parte do cronograma de eventos-teste. 

Diante do impasse, os atletas brasileiros seguem em preparação para o Pré-Olímpico, mesmo que sem conhecer as novas datas. O Brasil ainda não possui classificados para a Olímpiada nos saltos ornamentais. Ingrid Oliveira, Giovanna Pedroso, Anna Lucia Santos, Luana Lira, Isaac Souza, Ian Matos, Luis Felipe Moura e Kawan Pereira representam o Brasil na competição pré-olímpica.

Nas águas abertas, Ana Marcela Cunha já tem vaga garantida nos Jogos Olímpicos, enquanto Guilherme Costa e Allan do Carmo disputam a última vaga disponível para o Brasil na modalidade. Já no nado artístico, o dueto formado por Laura Miccuci e Luisa Borges também estão no páreo pela vaga olímpica.