PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Jogos de Tóquio serão realizados sem espectadores de outros países

De acordo com a Kyodo News, o governo japonês já concluiu que "não é possível" permitir que torcedores que moram fora do Japão

15:44 | 09/03/2021
Os Jogos Olímpicos de Tóquio começarão em 23 de julho de 2021 (Foto: FABRICE COFFRINI / AFP)
Os Jogos Olímpicos de Tóquio começarão em 23 de julho de 2021 (Foto: FABRICE COFFRINI / AFP)

Os Jogos de Tóquio serão realizados sem espectadores do exterior, devido aos temores relacionados à pandemia de Covid-19, noticiou a imprensa japonesa nesta terça-feira, 9, citando os responsáveis, que preferiram permanecer anônimos.

“Foi acordado em 3 de março de 2021 na reunião dos cinco (governo japonês, município de Tóquio, organizadores dos Jogos, COI e Comitê Paraolímpico Internacional) que uma decisão sobre os espectadores vindos do exterior seria tomada no final do mês de março", disse o Comitê Olímpico Internacional (COI) à AFP nesta terça-feira.

No dia 3 de março, ao final desta reunião, o presidente do comitê organizador Seiko Hashimoto informou que uma decisão seria tomada antes do início do revezamento da tocha olímpica no país, no dia 25 de março. De acordo com a Kyodo News, o governo japonês já concluiu que "não é possível" permitir que torcedores que moram fora do Japão assistam aos Jogos, devido às "preocupações do público japonês sobre o coronavírus" e ao fato de terem aparecido "variantes mais contagiosas em muitos países."

De acordo com o jornal Asahi Shimbun, o COI pediu ao Japão para abrir exceções para convidados estrangeiros entre os patrocinadores da competição, uma demanda em análise pelo governo.

Ingressos vendidos 

A segurança será a "principal prioridade" dos Jogos, disseram os organizadores. O evento, que deveria ter sido realizado no ano passado, foi adiado para 2021 devido à pandemia do coronavírus e tem início em 23 de julho e término em 8 de agosto. Cerca de 900.000 ingressos já foram vendidos fora do Japão.

Os organizadores devem tomar uma decisão oficial sobre o assunto neste mês, após reunião com o governo japonês, a prefeitura de Tóquio, o COI e o Comitê Paraolímpico Internacional, segundo a imprensa japonesa. A tendência é de exclusão de espectadores estrangeiros, de acordo com o que já haviam relatado após uma reunião entre essas instâncias na semana passada.

Cerca de 77% dos japoneses se opõem ao público estrangeiro nos Jogos de Tóquio devido à atual crise de saúde, de acordo com uma pesquisa do jornal Yomiuri Shimbun publicada na segunda-feira.

A presidente da Tokyo-2020, Seiko Hashimoto, declarou nesta sexta-feira que os organizadores “gostariam muito de um evento em estádios cheios, com torcedores de todo o mundo”, mas seria complicado “se não conseguíssemos recebê-los e se a situação das instalações médicas não fossem perfeitas. "