PUBLICIDADE
Mais Esportes
Noticia

Desfalcado pela Covid-19, Fortaleza BC faz jogo duro, mas perde para a Unifacisa

Carcará fica o jogo inteiro em desvantagem, iguala o placar no último período, porém acaba perdendo por 69 a 67 em duelo de nordestinos no NBB 2020-2021

Victor Hugo Pinheiro
19:57 | 17/11/2020
Unifacisa bateu Fortaleza BC por 69 a 67 em Mogi das Cruzes
 (Foto: João Pires/LNB)
Unifacisa bateu Fortaleza BC por 69 a 67 em Mogi das Cruzes (Foto: João Pires/LNB)

O Fortaleza Basquete Cearense perdeu para a Unifacisa-PB por 69 a 67, no ginásio Prof. Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes-SP. Desfalcado do ala Desmond Holloway e do ala-pivô Sualisson, que testaram positivo para Covid-19 horas antes da partida, o Carcará não conseguiu superar o rival paraibano no clássico nordestino do NBB. Além dos desfalques por conta do novo coronavírus, o pivô Lucas Bebê foi ausência devido a lesão.

Sem Holloway em quadra, o Tricolor teve enormes dificuldades para manter o bom desempenho ofensivo das partidas anteriores e terminou a partida com o número mais baixo de pontos na temporada 2020-2021 até agora. O cestinha do Carcará foi o ala-armador Rashaun, com 15 pontos, mas o craque do jogo foi o ala dominicano Nehemias, maior pontuador, com 16, além de oito rebotes e quatro assistências. A atuação destacada foi fundamental para garantir a vitória apertada.

Os dois primeiros quartos da partida foram dominados pelo Jacaré. Na etapa inicial, a equipe de Campina Grande-PB teve excelente desempenho nos arremessos de dois pontos, com 81,8% de precisão. Foram convertidos 9 dos 11 tentados. Já o Carcará abusou dos erros e converteu quatro de nove chutes de dois, precisão de 44,4%, enquanto o desempenho em bolas de três pontos foi apenas razoável, com 33% de acerto. O bom aproveitamento dos paraibanos garantiu a vitória na parcial por 21 a 17.

O segundo período teve panorama bem semelhante. O Tricolor continuou abusando dos erros nos arremessos. Sem acertar qualquer bola de longa distância, a equipe converteu apenas 5 de 15 arremessos tentados. Do outro lado, o Jacaré manteve a mão calibrada e abriu vantagem de 40 a 29. 

A partida ficou mais equilibrada a partir do terceiro período, quando o ataque do Carcará começou a ganhar ritmo. O setor ofensivo produziu 23 pontos, tendo aproveitamento de 47% em bolas dois e não desperdiçando qualquer lance livre. Entretanto, o desempenho de três ficou aquém, uma bola em cinco tentativas. A defesa também melhorou a marcação, tanto que conseguiu permitir menos chances de arremesso ao time adversário, que resultaram em 20 pontos.

Perdendo por 60 a 52, o Leão partiu para o ataque no último quarto. Os arremessos de três colocaram a equipe de volta ao jogo, com três acertos em sete tentativas (42,9% de aproveitamento). A defesa teve melhor desempenho, permitindo apenas nove pontos ao adversário. Mesmo igualando o placar nos minutos finais, o Tricolor não conseguiu tomar a vantagem e foi derrotado por 69 a 67.

Com duas derrotas e duas vitórias, o Fortaleza BC caiu para a oitava colocação do NBB. Já a Unifacisa venceu a primeira. O Carcará enfrenta o Minas, nesta quinta-feira, 19, às 16 horas, novamente no ginásio Prof. Hugo Ramos.