PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Em quarentena, Kevin Durant e outros jogadores da NBA vão participar de torneio de videogame

Além de Durant, Donovan Mitchell, do Utah Jazz, se junta a outros craques com coronavírus no campeonato

09:22 | 01/04/2020
Kevin Durant, do Golden State Warriors, vai participar do torneio com outros craques
Kevin Durant, do Golden State Warriors, vai participar do torneio com outros craques (Foto: AFP)

Com a NBA procurando novas formas de entretenimento diante da parada forçada pelo coronavírus, os fãs poderão assistir na televisão a partir de sexta-feira a um campeonato de videogame da NBA2K, no qual 16 jogadores competirão.

Entre os participantes estão Kevin Durant (Brooklyn Nets) e Donovan Mitchell (Utah Jazz), que fazem parte do grupo de 12 jogadores da NBA que sofreram com o Covid-19.

O torneio "Players-Only" ("Só Jogadores") será transmitido pela ESPN e começará com as oitavas de final, informou nesta terça-feira o Boardroom, um programa de negócios esportivos co-produzido por Kevin Durant, duas vezes vencedor da NBA.

Rich Kleiman, sócio de Durant no The Boardroom, confirmou nesta terça-feira que o superastro está com boa saúde e já passou "por esse período sombrio".

"Felizmente, Kevin está se sentindo bem, passou pelo período de isolamento. Ele não tem sintomas e agora está no mesmo tipo de isolamento com o qual estamos todos acostumados", disse Rich Kleiman à Fox Sports Radio.

Durant é um dos quatro jogadores do Nets que, em 17 de março, foram anunciados como testados positivo para Covid-19. Desde então, a equipe não divulgou mais informações sobre seu estado.

Já Donovan Mitchell foi, depois do companheiro de equipe Rudy Gobert, o segundo jogador da NBA a testar positivo para Covid-19, embora o Utah Jazz tenha divulgado na sexta-feira que os dois jogadores estão agora livres da doença.

Além de Durant e Mitchell, outros nomes importantes da liga também competirão no torneio, como Trae Young, Andre Drummond, Devin Booker, DeMarcus Cousins e os vencedores do concurso de enterradas do All-Star Game, Zach Lavine e Derrick Jones Jr.

Desde que a NBA foi suspensa indefinidamente em 11 de março para impedir a disseminação do novo coronavírus, muitos de seus jogadores intensificaram suas atividades de mídia social para educar os fãs sobre os riscos da pandemia, explicar como permanecer em forma e também competir entre eles em videogames como o NBA2K.

Este simulador de basquete, do qual milhões de cópias são vendidas todos os anos no mundo, é um dos principais produtos dos chamados eSports, cujas principais competições têm dezenas de milhões de seguidores e oferecem milhões de dólares em prêmios.

Esportistas de outros países, como jogadores de futebol das ligas espanhola e italiana, também participaram de campeonatos de videogame online em suas casas.

O torneio espanhol, no qual cada clube da Primeira Divisão era representado por um jogador, foi seguido por cerca de 170.000 espectadores e arrecadou 180.000 euros para combater a pandemia (dessa quantia, 100.000 euros foram doados pela Liga espanhola).