PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Em comunicado, Los Angeles Lakers anuncia que jogadores estão livre de sintomas do coronavírus

Franquia da NBA realizou um protocolo de isolamento total dos seus atletas durante duas semanas

10:12 | 01/04/2020
LeBron James é um dos astros da franquia Los Angeles Lakers
LeBron James é um dos astros da franquia Los Angeles Lakers (Foto: AFP)

Duas semanas depois da notícia de que dois de seus jogadores testaram positivo para o novo coronavírus e cujos nomes não foram revelados, o Los Angeles Lakers atualizou os dados e anunciou na noite de terça-feira que todos os seus atletas estão livres dos sintomas da covid-19. A franquia da Califórnia realizou um protocolo de 14 dias de isolamento total dos atletas.

O procedimento foi adotado pelos Lakers logo após a notícia de que quatro jogadores do Brooklyn Nets, contra quem jogaram no dia 10 de março, testaram positivo para o novo coronavírus, incluindo o astro Kevin Durant. A equipe de Los Angeles então rapidamente providenciou para que seu plantel fosse testado para a doença. A NBA suspendeu todos os jogos da temporada logo no dia seguinte, depois que um jogador do Utah Jazz, o pivô Rudy Gobert, testar positivo para coronavírus. A decisão foi publicada nas redes sociais da NBA após o cancelamento do jogo entre Oklahoma City Thunder e Utah Jazz, que aconteceria naquela noite.

O time vai continuar seguindo as recomendações de saúde e segurança estabelecidas pelos oficias do governo, dos Lakers e da NBA
Em comunicado oficial, a equipe agora anunciou que apesar de estar com o elenco livre da covid-19, vai tomar as providências necessárias para evitar que o vírus se espalhe. "O time vai continuar seguindo as recomendações de saúde e segurança estabelecidas pelos oficias do governo, dos Lakers e da NBA", informou.

Ao todo, 15 jogadores de toda a NBA foram reportados com o novo coronavírus. Apesar de testar negativo, uma das estrelas dos Lakers, Anthony Davis, disse que vai continuar seguindo as regras de isolamento para contribuir no combate ao vírus. "É um tipo de pegadinha, pois alguns se sentem bem e podem ter a doença sem sintomas. E em alguns você tem todos os sintomas", disso o pivô ao jornal Los Angeles Times.

"Eu me senti bem e saudável, eu ainda me sinto. Naquele tempo, eu não estava ligando muito, que eu não tinha a doença. Nós todos demonstramos preocupação e fizemos o teste", completou Davis.

Na última sexta-feira, o Utah Jazz anunciou que os primeiros jogadores da NBA a serem infectados com coronavírus estão curados. De acordo com um comunicado da franquia, o pivô francês Rudy Gobert e o ala-armador Donovan Mitchell se recuperam da covid-19.