PUBLICIDADE
Mais Esportes
Noticia

Com apagão no último quarto, Basquete Cearense perde de virada por 71 a 67 para o Mogi

Diante do terceiro colocado do NBB, Carcará erra todas na etapa final e acaba dominado pelo rival paulista

22:05 | 09/12/2019
Basquete Cearense enfrentou Mogi no Centro de Formação Olímpica
Basquete Cearense enfrentou Mogi no Centro de Formação Olímpica (Foto: Stephan Eilert / Divulgação)

A vitória parecia apertada, mas ainda tranquila. Foram três quartos à frente para o Basquete Cearense sobre o Mogi das Cruzes, atual terceiro colocado na atual temporada Novo Basquete Brasil (NBB). Mas uma terrível etapa final pôs tudo a perder. Na noite desta segunda-feira, 9, no ginásio do Centro de Formação Olímpica (CFO), o Carcará, que vinha de uma vitória, bateu no aro na tentativa de conectar a primeira série de vitórias na temporada ao perder por 71 a 67 para o time do interior paulista.

A cada quarto passado, a vantagem cearense aumentava. A primeira parcial foi 16 a 13 — três pontos acima. A segunda, viu a margem crescer mais três, fechando o tempo inicial em 37 a 31. O terceiro quarto também foi apertado, mas seguia pendendo para o lado do mandante: 21 a 19 na parcial, o que resultava num 48 a 40 no placar geral.

Eis que veio a hora de fechar o jogo nos derradeiros 10 minutos. E nada de as cestas caírem. Foram 20 arremessos, com apenas três acertos em todo o quarto. O péssimo aproveitamento de 15% pôs a perder uma grande vitória diante do terceiro colocado do NBB 2019/2020. Foram, ao todo, apenas 9 pontos, contra 21 do Mogi. Assim, toda a gordura foi-se e o time acabou perdendo por míseros 4 pontos.

Mais uma vez sem o ala-pivô Felipe Ribeiro, o Basquete Cearense foi liderado pela dupla norte-americana Rashaun e Brandon, com 16 e 13 pontos, respectivamente. O cestinha, porém, foi André Goes, do Mogi, com 18. A precisão acabou sendo o diferencial da partida. Enquanto o Carcará acertou apenas 33% dos arremessos tentados, o rival fez 44,4% das cestas.

Ainda na vice-lanterna do NBB 2019/2020, o Basquete Cearense volta à quadra do CFO na próxima quinta-feira, 12, quando recebe o Minas, às 20 horas. O ano do Carcará termina no dia 28, fora de casa, contra o Unifacisa, em Campina Grande (PB).