PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Basquete Cearense enfrenta maratona de jogos em São Paulo

O Carcará só venceu uma partida em sete jogos disputados e necessita de recuperação no NBB

18:55 | 18/11/2019
Felipe Ribeiro em disputa de bola na partida contra o São José.
Felipe Ribeiro em disputa de bola na partida contra o São José. (Foto: Stephan Eilert)

Após perder a quinta partida consecutiva (terceira em casa) na última quinta-feira, 14, para o São José, o Basquete Cearense viaja para uma maratona de jogos em São Paulo. O Carcará ficará na capital paulista para quatro jogos e enfrentará Paulistano, Corinthians, Pinheiros e São Paulo. O primeiro compromisso será na próxima sexta-feira, 22, contra a equipe do Paulistano, no ginásio Antônio Prado Jr.

O Carcará não terá adversários fáceis fora de casa, visto que seus oponentes estão atualmente entre os oito melhores da competição. O Paulistano, adversário em melhor momento, acumula o histórico de seis vitórias e duas derrotas na temporada, estando na 3ª colocação do Novo Basquete Brasil. O São Paulo (5-2) está em 5º, Pinheiros (4-2) está em 7º e Corinthians (4-3) está em 8º lugar.

Vale lembrar que o Basquete Cearense perdeu as duas partidas disputadas fora de seu domínio, contra Franca e Bauru. O retorno a Fortaleza só acontecerá no dia 6 de dezembro, quando o Carcará jogará contra o Brasília, no Centro de Formação Olímpica.

Até o momento, a média do Basquete Cearense é de 77,8 pontos por partida. Por outro lado, a média de pontos sofridos é de 81, o que reflete o péssimo aproveitamento no início da competição.

Apesar do desempenho ruim, o ala-pivô Felipe Ribeiro, de 40 anos, vem tendo bons números pelo Carcará e pode ser uma esperança de resultados melhores na sequência da competição. Ele soma 15,7 pontos e 9,1 rebotes por partida.