PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Com apagão no segundo quarto, Carcará é derrotado pelo Botafogo no CFO

Basquete Cearense vence três quartos, mas desempenho pífio no segundo quarto define vitória dos cariocas

23:28 | 06/11/2019
Ala-pivô Felipe Ribeiro é o destaque do Carcará
Ala-pivô Felipe Ribeiro é o destaque do Carcará (Foto: Mateus Dantas)

O Basquete Cearense amargou a terceira derrota seguida no Novo Basquete Brasil (NBB), na noite desta quarta-feira, 6, no Centro de Formação Olímpica (CFO). O Carcará sofreu o revés por 76 a 72 para o Botafogo, que só tinha vencido um jogo até então em cinco confrontos.

Apesar do apoio do torcedor, os mandantes tiveram um apagão no segundo quarto, que acabou definindo os rumos do duelo a favor dos cariocas. Foi a primeira partida dos cearenses da sequência de três jogos dentro de casa no NBB. Amanhã, a equipe já entra em quadra novamente no CFO para encarar o Flamengo.

O Carcará faz uma campanha frustrante até agora na competição. Com a derrota para o Botafogo, o Basquete Cearense somou quatro revezes em cinco jogos no NBB. O Glorioso chegou a sua segunda vitória na competição e se recuperou na tabela.

Felipe Ribeiro comandou mais uma vez a equipe cearense dentro de quadro. O veterano foi o cestinha do Carcará com 19 pontos e liderou com 11 rebotes. No Botafogo, o destaque ficou por conta de Coelho, com 22 pontos, maior pontuador do confronto.

No primeiro quarto, o Basquete Cearense cumpriu o previsto jogando com o apoio do torcedor. Venceu a parcial com placar apertado de 20 a 19. Do lado do Carcará, Felipe Ribeiro comandava as investidas ao ataque e liderava o time em quadra. O veterano tem sido o principal destaque da equipe neste início de temporada.

Para o segundo quarto, a expectativa era que os donos da casa voltassem com a mesma pressão e buscassem ampliar a vantagem no placar. Entretanto, os cearenses tiveram um apagão em quadra. Desempenho pífio do Carcará, enquanto os cariocas voltaram com tudo, dominando a partida em pleno CFO. O Botafogo fez 20 pontos contra apenas cinco dos mandantes, terminando o primeiro tempo com 39 a 25.

No terceiro quarto, o Carcará voltou melhor. Mais ligado em quadra, Felipe Ribeiro e companhia buscavam tirar a diferença no placar. O time comandando por Dannyel Russo foi superior e terminou a parcial com 23 pontos contra 16 dos cariocas.

Os cearenses foram para o quarto final com uma diferença de sete pontos para alcançar o Botafogo. A partida estava aberta. O Carcará até venceu a parcial por 24 a 21, mas não foi o suficiente para evitar o resultado negativo. O segundo quarto pesou tanto que os donos da casa venceram três parciais, entretanto, acabaram derrotados.

 

Você também pode gostar: