PUBLICIDADE
Mais Esportes

Reencontrando os Clippers, Griffin decide vitória para o Detroit Pistons

44 pontos, oito rebotes, cinco assistências, três roubos de bola, um toco e bom aproveitamento nos lances livres e arremessos de quadra. Parecia até que o ala-pivô Blake Griffin, do Detroit Pistons, tinha algo a provar contra o seu ex-time, o Los Angeles Clippers. Neste sábado, no duelo entre as duas equipes pela NBA, principal […]

20:45 | 12/01/2019

44 pontos, oito rebotes, cinco assistências, três roubos de bola, um toco e bom aproveitamento nos lances livres e arremessos de quadra. Parecia até que o ala-pivô Blake Griffin, do Detroit Pistons, tinha algo a provar contra o seu ex-time, o Los Angeles Clippers. Neste sábado, no duelo entre as duas equipes pela NBA, principal liga de basquete do mundo, o jogador foi decisivo e ajudou o time da Conferência Leste a sair com a vitória: 109 a 104.

Negociado e trocado pelo clube de Los Angeles na temporada passada, após sete anos e meio vestindo as cores da equipe, Griffin não escondeu a “mágoa” nem dentro de quadra, nem fora dela.

Sampaio Basquete anuncia chegada da ala Raphaella Monteiro

Pelo NBB, Franca vence Cearense; Fla ganha clássico contra Timão

Antes da partida começar, o mandatário dos Clippers, Steve Ballmer, foi cumprimentar o ala-pivô. No entanto, Griffin não quis completar a formalidade e, literalmente, saiu correndo, demonstrando ainda estar incomodado com a negociação.

Em quadra, o atleta mostrou-se disposto a “acabar com a partida”. Os Pistons, com exceção de um breve período no primeiro quarto, nunca estiveram atrás no placar e dominaram os oponentes, que têm boa campanha na disputada Conferência Oeste.

Com o resultado, o time de Detroit agora tem campanha de 18 vitórias e 23 derrotas, enquanto os Clippers ficam com 24 triunfos e 18 reveses.

Em seu próximo jogo, os Pistons enfrentarão o Utah Jazz, enquanto o Los Angeles Clippers encara o New Orleans Pelicans de Anthony Davis.

Gazeta Esportiva

Recomendadas para você

Comentários