PUBLICIDADE
Esportes

Djokovic e Zverev estreiam com vitória tranquila no Aberto da Austrália

Novak Djokovic estreou com o pé direito em busca do sétimo título do Aberto da Austrália. Na manhã desta terça-feira, o sérvio até viveu momentos de oscilação durante a partida, mas soube se aproveitar da fragilidade do norte-americano vindo do quali Mitchell Krueger e conseguiu uma boa vitória por 3 sets a 0, com parciais [?]

08:00 | 15/01/2019

Novak Djokovic estreou com o pé direito em busca do sétimo título do Aberto da Austrália. Na manhã desta terça-feira, o sérvio até viveu momentos de oscilação durante a partida, mas soube se aproveitar da fragilidade do norte-americano vindo do quali Mitchell Krueger e conseguiu uma boa vitória por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/2 em 2h03 de partida.

Campeão pela última vez em 2016, Djokovic volta a quadra na segunda rodada para medir forças com o francês Jo-Wilfried Tsonga, contra quem possui um histórico bastante positivo. Vale ressaltar que, junto com Federer, o sérvio busca o um título com caráter histórico, já que nunca um tenista venceu sete vezes o Aberto da Austrália.

Vendo seu serviço quebrado logo no segundo game da partida, Novak Djokovic teve de mostrar um rápido poder de reação. Com um jogo equilibrado e de muita pressão sobre o adversário, conseguiu voltar à frente do placar e quebrou o serviço no oitavo game para confirmar a parcial e largar bem.

Diferentemente do primeiro, o segundo set de Djokovic foi bem mais consistente, com um ritmo intenso nas devoluções e ótimos serviços, cedendo poucos pontos ao norte-americano. Na terceira e decisiva parcial, o sérvio encontrou um game de quase 15 minutos, mas no restante seguiu muito bem para pressionar, virar as bolas e confirmar sua vitória na estreia.

Zverev domina Bedene e estreia bem na Austrália

Dominante. Assim pode ser definida a estreia de Alexander Zverev, atual número quatro do mundo, no Aberto da Austrália. Com uma atuação segura e agressiva, o alemão precisou de apenas 1h55 para superar o esloveno Aljaz Bedene por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/1 e 6/4. Agora, espera o vencedor do confronto entre franceses Jeremy Chardy e Ugo Humbert.

Diferentemente do restante do jogo, o início foi de muito estudo por parte dos dois tenistas, que erraram pouco e fizeram um set mais cadenciado que o normal. Depois de ver seu serviço quebrado no sétimo game, Zverev começou a ser mais agressivo, devolveu a quebra e emplacou uma boa sequência para confirmar o triunfo parcial.

Com um saque eficiente, o segundo set foi de completo domínio do tenista alemão, que apenas administrou a última parcial a fim de confirmar o triunfo na estreia em solo australiano. Com uma quebra, a vitória veio com mais um 6/4 em que Zverev novamente se superou na agressividade das bolas fundas.

Gazeta Esportiva

TAGS