PUBLICIDADE
Esportes

Com novo formato, Brasileiro de League of Legends começa neste sábado

Entenda as novas regras do Campeonato

08:51 | 11/01/2019
NULL
NULL

[FOTO1]
O Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL), uma das principais competições nacionais de e-sports, começa neste sábado, 12, com uma cara nova. Com novo formato anunciado pela Riot Games em dezembro, a disputa terá mais jogos, mudanças de calendário, regulamento e na divisão de acesso. A empresa desenvolvedora do game elencou alguns pontos que justificam as mudanças:

- O aumento do número de jogos, fazendo com que todas as equipes joguem no sábado e no domingo, estimulando assim novas estratégias perante as equipes;

- A aproximação da fase de pontos do CBLOL às fases de entrada de outros torneios internacionais;

- O espaço de tempo entre os confrontos, fará com que os times possuam um maior tempo de adaptação;

- Com mais jogos, e com todas as partidas valendo pontos, haverá uma oportunidade maior de recuperação;

- Os times irão se encontrar em atualizações diferentes, isso irá exigir uma maior adaptabilidade dos times e uma maior gama de estratégias.

Para facilitar a adaptação às novas regras, preparamos um breve guia do formato Melhor de Um em Três Turnos.

FASE DE PONTOS

Em 2019 os times irão se enfrentar três vezes nas semanas regulares. Tais confrontos, no entanto, não mais irão acontecer sequencialmente, como ocorreu na temporada passada. Exemplo, o Time A e o Time B irão se enfrentar em apenas uma partida na semana 1, jogando a próxima só na semana 4. O último confronto entre os dois acontecerá somente na semana 8.

 

CALENDÁRIO

De forma a comportar o aumento – agora com a garantia de 84 jogos – de jogos durante cada split (parcial), a fase de pontos irá possuir dez semanas em vez das sete que ocorreram no ano passado. Com o aumento houve uma importante modificação, pois serão sempre quatro jogos por dia.

Outra mudança é que o aumento do número de semanas e para encaixar o calendário com as competições internacionais acabou impondo a substituição do modelo “Escalada” pelas semifinais tradicionais (o primeiro colocado da tabela irá enfrentar o quarto, enquanto o segundo enfrenta o terceiro). Vencedores fazem a final.

SÉRIE DE ACESSO

No final do split, o time que estiver em oitavo na tabela irá cair automaticamente para o Circuito Desafiante (CD).  A equipe líder do CD irá subir direto para o CBLOL. A Série de Acesso será entre o sétimo colocado do CBLOL e o segundo dos desafiantes.

MUDANÇAS NO REGULAMENTO

Critério de Desempate

Algumas mudanças foram necessárias nas regras do Campeonato, como no caso dos critérios de desempate. Na fase regular, serão considerados os seguintes parâmetros: maior número de vitórias em confronto direto; menor tempo acumulado em vitórias e um novo jogo entre os times (melhor de um).

Técnico


Nas regras de inscrição de técnicos, a mudança foi que se tornou obrigatória a inscrição de, no mínimo, um técnico. Isso vale tanto no Circuito Desafiante como no CBLOL. Além disso, as equipes poderão registrar mais de um técnico oficialmente e utilizá-los em conjunto nos picks e bans.

Inscrições fora da janela


Serão aceitas apenas duas inscrições de jogadores fora da janela regular, tendo como prazo limite a semana 7 (15ª rodada). As substituições, porém, só poderão ocorrer após três rodas (uma semana e meia).

Escolha dos lados

Durante as rodadas 1 a 7, a escolha será pré-selecionada tendo uma inversão no segundo turno de jogos, nas rodas 8 a 14. Já no confronto final, rodas 15 a 21, serão observados os seguintes critérios: quem venceu os dois primeiros jogos entre os dois times irá escolher o lado que irá jogar, já em caso de empate o critério será o tempo de vitória – aquele com o menor tempo escolherá o lado que irá jogar o terceiro turno.

 

 
                                                                                              Neudson Barroso

TAGS