PUBLICIDADE
Esportes

Algoz de Federer, Tsitsipas vence Agut e chega à semi na Austrália

O conto de fadas de Stefanos Tsitsipas segue à todo vapor. Depois de eliminar Roger Federer, o jovem tenista grego voltou à quadra nesta terça-feira e, dessa vez, superou o espanhol Roberto Bautista Agut por 3 sets a 1, com parciais de 7/5, 4/6, 6/4 e 7/6(2), avançando para a semifinal do Aberto da Austrália, [?]

07:30 | 22/01/2019

O conto de fadas de Stefanos Tsitsipas segue à todo vapor. Depois de eliminar Roger Federer, o jovem tenista grego voltou à quadra nesta terça-feira e, dessa vez, superou o espanhol Roberto Bautista Agut por 3 sets a 1, com parciais de 7/5, 4/6, 6/4 e 7/6(2), avançando para a semifinal do Aberto da Austrália, feito inédito para um representante do país na história do Grand Slam. Agora, Tsitsipas aguarda o vencedor do duelo entre Rafael Nadal e o norte-americano Frances Tiafoe.

Pela primeira vez nas semifinais de um Grand Slam, o grego de apenas 20 anos e 168 dias é o atleta mais novo a ir tão longe em um dos quatro principais torneios do circuito desde o sérvio Novak Djokovic (20 anos e 110 dias), no US Open de 2007. Em Melbourne, um tenista tão jovem não ia tão longe desde o norte-americano Andy Roddick (20 anos 149 dias) em 2003.

Apesar da vitória, o grego teve um início complicado, vendo Agut quebrar seu serviço. O espanhol teve a vantagem no início do jogo e liderava por 4/2, mas foi quebrado no oitavo game. A partir de então, Tsitsipas elevou seu jogo, passou a tomar a iniciativa e fazer valer o potencial apresentado no torneio e confirmado diante de Federer. No saque de Bautista para forçar o tiebreak, o grego reagiu e confirmou a parcial.

Assim como no primeiro set, Tsitsipas começou sofrendo no segundo, mas desta vez não demonstrou força suficiente para reagir diante do jogo seguro de Agut. Aos poucos, o espanhol foi administrando a vantagem construída e empatou o duelo. Na terceira parcial, mesmo cenário do primeiro set, com Tsitsipas quebrando duas vezes o rival na reta final do set.

Jogando para confirmar a classificação, o grego foi letal. Ciente do cansaço de Agut, colocou o espanhol para correr na quadra e fez valer a força de seu serviço para confirmar a primeira participação de seu país na final do Grand Slam em solo australiano.

Gazeta Esportiva

TAGS