Ministério Público adverte Ceará e Fortaleza sobre incitação à violênciaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Ministério Público adverte Ceará e Fortaleza sobre incitação à violência

2019 reserva um encontro esperado na Série A do Brasileirão. Ceará e Fortaleza estão juntos na elite do futebol brasileiro depois de 26 anos, o que deve deixar a rivalidade ainda mais quente. Já visando que algumas ações de 2018 podem ficar ainda mais fortes na próxima temporada, o Ministério Público do Ceará tomou providências [?]

11:30 | 21/12/2018

2019 reserva um encontro esperado na Série A do Brasileirão. Ceará e Fortaleza estão juntos na elite do futebol brasileiro depois de 26 anos, o que deve deixar a rivalidade ainda mais quente. Já visando que algumas ações de 2018 podem ficar ainda mais fortes na próxima temporada, o Ministério Público do Ceará tomou providências para vetar a incitação à violência entre os dois clubes.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por CEARÁ SC NEWS® (@cearascnews) em

Depois de episódios como o time do Fortaleza vestido de personagens da série La Casa de Papel e o corte de cabelo do atacante Arthur, do Ceará, remetendo aos oito anos que o rival passou na Série C, o promotor de Justiça coordenador do Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (NUDTOR) do Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE), Antônio Edvando Elias de França, expediu, no último dia 18, uma recomendação aos clube para que seja esse tipo de prática seja reprimido.

O documento indica que os times orientem seus atletas e toda a equipe de profissionais, a se absterem de comungar, compartilhar, aceitar ou se omitir na prática de qualquer ato, gesto ou atitude que possa resultar no acirramento da rivalidade e dos índices de violência. Além de advertir que não será tolerada a reincidência dessa prática com a adoção de todas as medidas judiciais, bem como com ações junto ao Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Ceará

Gazeta Esportiva

TAGS