Destaque em 2017, sérvio diz que Federer pressionou árbitro durante partidaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Destaque em 2017, sérvio diz que Federer pressionou árbitro durante partida

Uma das surpresas da temporada de 2017, após chegar na final do Masters 1000 de Paris, Filip Krajinovic caiu bastante de rendimento neste ano e ficou muito perto de sair do Top 100 do mundo. No entanto, o sérvio teve alguns momentos importantes nos últimos meses, sendo um deles a partida diante de Federer, na [?]

10:30 | 10/12/2018

Uma das surpresas da temporada de 2017, após chegar na final do Masters 1000 de Paris, Filip Krajinovic caiu bastante de rendimento neste ano e ficou muito perto de sair do Top 100 do mundo. No entanto, o sérvio teve alguns momentos importantes nos últimos meses, sendo um deles a partida diante de Federer, na primeira rodada do ATP 500 de Basel. O tenista de 26 anos relembrou a partida, destacando a dificuldade do duelo, além de lamentar a postura do suíço durante o jogo.

?Com o Federer, em Basileia, tive oportunidades no terceiro set mas não aproveitei. Foi uma boa experiência para mim, ele é um dos meus ídolos. Em Basileia não olhei para ele como um modelo, não estava focado nele. Confesso que fiquei chateado porque ele estava colocando pressão no árbitro, só que enfrentar Federer em sua terra natal foi uma grande experiência. Consegui competir com ele, no mesmo nível, isso foi o mais importante?, ressaltou Krajinovic em entrevista ao Sport Klub.

Na partida em questão, Krajinovic ficou perto de eliminar Federer, porém errou nos momentos decisivos e viu a chance de fazer história escapar. Depois de perder o primeiro set e empatar a partida em seguida, o sérvio foi derrotado após ver o suíço ganhar o terceiro e decisivo set por 6/4. Poucos dias depois, o suíço venceria Marius Copil na grande decisão e conquistaria o nono título em Basel.

Já em entrevista ao jornal Zurnal, o atual número 94 do mundo ressaltou que não ficou contente com o seu desempenho na atual temporada e que procura jogar em um nível maior em 2019. Além disso, destacou qual seu principal objetivo na carreira.

?Pensei muito sobre aquilo que devo fazer, para melhorar no próximos anos e subir de nível. Sinto que tenho uma grande margem de progressão e vejo-me com grandes hipóteses de alcançar o meu principal objetivo: ser número 1 do mundo?, ressaltou o tenista sérvio.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS