PUBLICIDADE
Mais Esportes

94ª Corrida de São Silvestre terá controle de acessos para evitar fraudes

Fechando o ano esportivo no dia 31 de dezembro, a 94ª Corrida Internacional de São Silvestre repetirá as dinâmicas de controle de acessos e evitará a participação de atletas que não estejam inscritos oficialmente (pipocas) e fraudadores, deixando toda infraestrutura de serviços para os corredores inscritos de forma correta. Os chamados pipocas serão convidados a […]

17:15 | 06/12/2018

Fechando o ano esportivo no dia 31 de dezembro, a 94ª Corrida Internacional de São Silvestre repetirá as dinâmicas de controle de acessos e evitará a participação de atletas que não estejam inscritos oficialmente (pipocas) e fraudadores, deixando toda infraestrutura de serviços para os corredores inscritos de forma correta.

Os chamados pipocas serão convidados a se retirarem e devem ter ciência que, ao entrar na prova, estarão cometendo fraudes e pondo em risco os serviços essenciais como hidratação e médico para quem se inscreveu oficialmente.

Haverá câmeras filmando a largada, chegada e os postos de água. Após a prova, eventuais fraudadores que duplicarem números, como foi o caso da equipe RunUp em 2017, serão cobrados na justiça a exemplo do que está acontecendo com os fraudadores da última edição.

A Comissão Organizadora destaca ainda que a inscrição é pessoal e intransferível, não havendo possibilidade de transferência para outro atleta. As ocorrências de fraudes apuradas em 2017 já estão sendo tratadas nas esferas civil e criminal. Câmeras e fiscais garantirão essa fiscalização.

Sobre a prova

A programação no dia da corrida começará cedo. O pelotão de elite feminino terá sua largada às 8h40 (de Brasília). Logo em seguida, às 9h (de Brasília), será a vez do pelotão de elite masculino e atletas em geral. O percurso passa por alguns dos principais pontos turísticos da cidade de São Paulo, com largada na Avenida Paulista, próximo ao número 2000, e chegada em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero, também na Avenida Paulista, 900.

A 94ª Corrida de São Silvestre terá um esquema especial de acesso à largada e chegada, visando assegurar maior facilidade aos atletas oficialmente inscritos e informar ao público que pretende acompanhar a Corrida. No período das 5h às 10h (ambos de Brasília) serão permitidos apenas atletas com número de peito, com os seguintes acessos: Alameda Santos, Rua São Carlos do Pinhal, Rua Frei Caneca, Alameda Ministro Rocha Azevedo, Rua Peixoto Gomide, Rua Plínio Figueiredo e Alameda Casa Branca.

A dispersão será a partir da Rua Joaquim Eugênio de Lima até a Alameda Itapeva. Todas as áreas serão restritas a corredores oficialmente inscritos e usuários locais. Não será permitida a presença de acompanhantes ou carrinhos e outros itens que não fazem parte do evento.

O Comitê Organizador pede gentilmente que atletas sem inscrição não compareçam, pois não há como dimensionar os serviços e o consumo excessivo pode gerar a falta de serviços e hidratação para os inscritos. E destaca que essas dinâmicas estão sendo implantadas para melhor atender aos atletas inscritos oficialmente.

A infraestrutura do evento é dimensionada para o número oficial de inscritos, cerca de 30 mil, não contemplando serviços a atletas sem inscrição (“pipocas”). Serão sete postos de água, como no passado, com volume para atender somente aos inscritos. Como consta em regulamento, não haverá serviços extras e hidratação excedente para atletas sem inscrição.

Gazeta Esportiva

Recomendadas para você

Comentários