Técnico da Seleção Brasileira diz que cobrará ?nível elevado? dos jogadoresMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Técnico da Seleção Brasileira diz que cobrará ?nível elevado? dos jogadores

Técnico da Seleção Brasileira masculina de basquete desde o início das Eliminatórias Americanas, Alexsandar Petrovic não planeja apenas levar o time nacional para o Mundial. Para o croata, que anunciou nesta quinta-feira os 13 convocados para os jogos diante da República Dominicana e Canadá, os jogadores brasileiros podem almejar sonhos cada vez maiores, mas para isso, [?]

07:15 | 23/11/2018

Técnico da Seleção Brasileira masculina de basquete desde o início das Eliminatórias Americanas, Alexsandar Petrovic não planeja apenas levar o time nacional para o Mundial. Para o croata, que anunciou nesta quinta-feira os 13 convocados para os jogos diante da República Dominicana e Canadá, os jogadores brasileiros podem almejar sonhos cada vez maiores, mas para isso, precisam subir de nível.

?Temos poucos treinos, são sete no total, e do modo que estão jogando no NBB, não será suficiente para vencer nas Eliminatórias e também no Mundial. Os jogadores vão precisar mudar, melhorar para chegar nas Olimpíadas, chegar a um outro nível de desempenho. Para isso acontecer, é preciso chegar forte e ser melhor que nossos rivais locais, como Canadá, Argentina e Venezuela?, afirmou o treinador croata.

Durante o anúncio de quais jogadores seriam convocados, Petrovic estava acompanhado de Wlamir Marques, ídolo do basquetebol brasileiro e que dá nome ao ginásio que será palco dos dois próximos confrontos do Brasil. Logo depois que o comandante croata parou de falar, o ex-jogador aproveitou para elogiar a pessoa e o trabalho do treinador da Seleção Brasileira.

?É uma pena que ele teve que parar de falar, pois o que ele fala é extremamente inteligente e importante para o basquetebol brasileiro. Seria muito bom se os técnicos do NBB ouvissem o que Petrovic tem para falar, pois ele entende da modalidade, ele entende as pessoas e veio para o Brasil para mostrar que as coisas podem mudar. Perder ou ganhar é do jogo. O que nós desejamos é que ele consiga mudar a estrutura daqui. Fazer com que a gente tenha um basquete sólido, consistente?, disse Marques durante o evento que aconteceu no Parque São Jorge.

Os dois próximos jogos do Brasil serão fundamentais para que o país consiga vaga para o Mundial, que será realizado na China em 2019. Caso os comandados de Petrovic consigam vencer tanto a República Dominicana como o Canadá garantirão o acesso para o tão desejado torneio. Caso não consiga os dois triunfos, o Brasil poderá se classificar em fevereiro do ano que vem, quando encara as Ilhas Virgens e novamente a Republica Dominicana.

 

* Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS