Penúltimo colocado, Alonso tem despedida melancólica em InterlagosMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Penúltimo colocado, Alonso tem despedida melancólica em Interlagos

Fernando Alonso cruzou a linha de chegada neste domingo, no GP do Brasil de Fórmula 1, em 16º lugar. Contudo, o espanhol acabou sendo rebaixado para a 17ª colocação pelo fato de não ter obedecido a bandeira azul, mostrada a um piloto quando ele está prestes a ser ultrapassado por um rival que completará uma [?]

08:15 | 12/11/2018

Fernando Alonso cruzou a linha de chegada neste domingo, no GP do Brasil de Fórmula 1, em 16º lugar. Contudo, o espanhol acabou sendo rebaixado para a 17ª colocação pelo fato de não ter obedecido a bandeira azul, mostrada a um piloto quando ele está prestes a ser ultrapassado por um rival que completará uma volta inteira de distância para ele. Assim, o bicampeão mundial se despediu de Interlagos, circuito categorizado por ele próprio como ?lugar feliz?, de maneira bastante melancólica, uma vez que não correrá na principal categoria do automobilismo em 2019.

?Foi um dia difícil, nós apostamos um pouco na estratégia, fazendo o pit stop muito cedo. A estratégia não funcionou. Com os pneus médios, perdemos tempos e não fomos competitivos na segunda parte da corrida. O pit stop não foi bom, perdemos tempo no box?, disse Fernando Alonso.

O piloto da McLaren foi o primeiro do grid a fazer o pit stop, na volta 17. Iniciando a corrida com pneus macios, ele apostou em compostos médios para não precisar fazer outra parada e assim ganhar algumas posições, porém, perdeu tempo na pista pelo fato de os mecânicos terem se atrapalhado, além de os pneus escolhidos tornarem o carro um pouco mais lento.

?No geral fomos muito lentos durante todo o fim de semana. Não tivemos o ritmo para estar entre os dez primeiros. Então, independentemente de qualquer estratégia ou qualquer tentativa, somar pontos foi algo inalcançável?, completou o espanhol.

Neste final de semana, foi oficializado que Fernando Alonso disputará as 500 milhas de Indianápolis novamente em 2019, além de disputar o Mundial de Endurance (WEC) pela Toyota. Neste ano, o bicampeão mundial de Fórmula 1 chegou a liderar a prova durante algumas voltas, mas teve de abandonar por problemas no carro. Falta apenas essa corrida para que ele conquiste a Tríplice Coroa do automobilismo mundial, seu grande objetivo atualmente ? também venceu o GP de Monaco de F1 e as 24 horas de Le Mans.

Gazeta Esportiva

TAGS