Paraná escapa de ser o pior time da história dos pontos corridosMais Esportes | Esportes O POVO 

PUBLICIDADE
Esportes


Paraná escapa de ser o pior time da história dos pontos corridos

Apesar do virtual rebaixamento, o torcedor paranista teve algo para se comemorar no empate contra o Vitória, no último domingo, na Vila Capanema, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe chegou aos 18 pontos e, assim, não será o pior time da história da competição desde a implantação pontos corridos. O [?]

17:45 | 05/11/2018

Apesar do virtual rebaixamento, o torcedor paranista teve algo para se comemorar no empate contra o Vitória, no último domingo, na Vila Capanema, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe chegou aos 18 pontos e, assim, não será o pior time da história da competição desde a implantação pontos corridos.

O feito negativo segue com o América-RN, que, em 2007, conquistou apenas 17 pontos em 38 rodadas. Na oportunidade, o Mecão venceu apenas quatro jogos (Santos, Atlético-PR e duas vezes o próprio Paraná Clube), terminando a temporada com saldo de 56 negativo.

Diante desse cenário, o Paraná tem seis partidas para conquistar ao menos dois triunfos e não ficar com ?título? de time com menos vitória sem uma edição do Brasileirão. No entanto, para alcançar esse objetivo, não terá facilidade, já que enfrentará três integrantes da parte de cima da tabela (Atlético-MG, Inter e Palmeiras, além de Botafogo, Ceará e América-MG.

Outro recorde negativo que pode entrar na conta do clube paranaense é o de pior ataque da história dos pontos corridos. Faltando apenas seis rodadas para o fim da Série A, a equipe precisa balançar as redes oito vezes para superar o Náutico de 2013, que marcou 22 gols. Em relação aos tentos sofridos, a estigma de defesa mais vazada deverá seguir com a edição de 2007, quando o América-RN foi vazado 80 vezes.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS