Brasil encerra primeiro dia do Grand Slam de Osaka sem pódioMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Brasil encerra primeiro dia do Grand Slam de Osaka sem pódio

O Brasil não teve um início promissor no Grand Slam de Osaka de judô, o último desta temporada. Com quatro atletas do país lutando no dia de estreia na categoria leve, nenhum conseguiu chegar ao pódio. O que mais perto chegou desse objetivo foi Eric Takabatake, que encerrou a sua participação na quinta colocação. Para chegar à [?]

10:15 | 23/11/2018

O Brasil não teve um início promissor no Grand Slam de Osaka de judô, o último desta temporada. Com quatro atletas do país lutando no dia de estreia na categoria leve, nenhum conseguiu chegar ao pódio. O que mais perto chegou desse objetivo foi Eric Takabatake, que encerrou a sua participação na quinta colocação.

Para chegar à disputa pelo bronze, Eric precisou passar inicialmente por dois lutadores: o holandês Tornike Tsjakadoea na segunda rodada e depois o coreano Jaehyeon Kim. Na tentativa de chegar à semifinal o brasileiro acabou sendo derrotado por Yuma Oshima, do Japão.

Na repescagem, Takabatake acabou superando o também brasileiro Phelipe Pelim. Na luta que valia a medalha de bronze, o lutador acabou sendo derrotado para o sul-coreano Jin Won Kim, que aplicou um ippon para sacramentar a vitória.

Além dos dois lutadores, o Brasil contou com duas lutadoras disputando nesta sexta. Na categoria até 48 quilos, Gabriela Chibana venceu a sua primeira luta contra Jung Ying Gao, porém foi derrotada logo na sequência para a francesa Melanie Clement. Já na categoria até 52 quilos a brasileira da disputa foi Jéssica Pereira, que também bateu a sua primeira adversária, mas foi derrotada no embate contra a canadense Chishima Maeda.

Neste sábado, mais cinco judocas da seleção brasileira buscam medalhas. Marcelo Contini (73kg), Eduardo Barbosa (73kg), Rafaela Silva (57kg), Alexia Castilhos (63kg) e Maria Portela (70kg).

Gazeta Esportiva

TAGS