Homenageado pela LNF, Falcão relembra os nove títulos na LigaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Homenageado pela LNF, Falcão relembra os nove títulos na Liga

Nove vezes campeão da Liga Futsal, Falcão será homenageado no Hall da Fama da LNF. Atual camisa 12 do Sorocaba, ele já levou a melhor no campeonato nacional defendendo cinco equipes diferentes, sendo o primeiro título em 1999, pelo Atlético Mineiro. Agora, faltando pouco para receber o reconhecimento da Liga, em evento que acontece no [?]

17:00 | 03/10/2018

Nove vezes campeão da Liga Futsal, Falcão será homenageado no Hall da Fama da LNF. Atual camisa 12 do Sorocaba, ele já levou a melhor no campeonato nacional defendendo cinco equipes diferentes, sendo o primeiro título em 1999, pelo Atlético Mineiro. Agora, faltando pouco para receber o reconhecimento da Liga, em evento que acontece no próximo sábado, na Arena Jaguara, Santa Catarina, o jogador relembrou os desafios enfrentados.

O palco da premiação é também considerado templo do futsal brasileiro. ?Fico muito feliz pela homenagem, ainda mais no lugar em que vivi o auge da minha carreira. A minha ligação com Jaraguá do Sul é muito forte e para uma homenagem como essa, realmente não teria lugar melhor?, declarou em entrevista à LNF.

Isso porque, entre 2005 e 2010, quando defendia o Jaraguá, Falcão só não subiu no lugar mais alto do pódio duas vezes (em 2006 e 2009). ?Tive desafios no time, que nunca tinha conquistado um título da Liga Nacional. Pudemos comemorar quatro vezes. Foram oito anos fantásticos em Jaraguá do Sul e a cidade, por meio do futsal, passou a ser reconhecida mundialmente?, destacou.

Participante de todas edições da LNF, desde 1996, e atuante em 12 finais, ele afirmou que não foi fácil alcançar as marcas. ?Estar na principal equipe todos os anos faz com que o atleta acabe jogando mais e conquistando mais títulos, porém eu sempre tive muitos desafios. No Atlético mineiro, no começo da minha carreira, cheguei como jogador para completar elenco e acabei virando protagonista?, disse.

Ele conquistou também títulos no Santos, em 2011, e no Intelli, em 2012 e 2013. ?O desafio de montar o time do Santos em um ano e ainda terminar a temporada com o título da LNF também foi muito significativo?, ressaltou. ?Depois, em Orlândia, que nunca tinha chego na final, fiquei dois anos e fomos campeões duas vezes?.

Na sequência, veio uma equipe de aposta em Sorocaba, time com o qual busca seu décimo título. ?O objetivo, na época, era chegar entre os oito no primeiro ano e, de cara, fomos campeões?, revelou. ?Tudo isso acaba valorizando muito mais e me faz realizado ao ter alcançado esses resultados?.

Gazeta Esportiva

TAGS