Dessa vez em casa, Cavaliers volta a vencer CelticsMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Dessa vez em casa, Cavaliers volta a vencer Celtics

O segundo embate entre Cleveland Cavaliers e Boston Celtics repetiu o feito do último duelo entre as equipes. Neste sábado, o time de Ohio, contando com o bom desempenho de Ante Zizic, levou a melhor em cima dos rivais anotando 102 a 113, em casa. Sem LeBron James, agora astro dos Lakers, os Cavs também [?]

23:30 | 06/10/2018

O segundo embate entre Cleveland Cavaliers e Boston Celtics repetiu o feito do último duelo entre as equipes. Neste sábado, o time de Ohio, contando com o bom desempenho de Ante Zizic, levou a melhor em cima dos rivais anotando 102 a 113, em casa.

Sem LeBron James, agora astro dos Lakers, os Cavs também não contaram com a atuação de Kevin Love, novo manda-chuva da equipe. A equipe, outra vez, voltou a ver a falha da defesa mais eficiente da última temporada regular. Isso porque os Celtics tiveram atuação sem grandes espetáculos. No último encontro entre as equipes, no dia 02, os Cavs já tinham levado a melhor por 102 a 95.

Cestinha do embate, Ante Zizic foi peça chave para a vitória da equipe, anotando 20 pontos. A ele, juntaram-se na produção ofensiva Collin Sexton, dono de 13 pontos e oitava escolha geral no Draft da NBA de 2018. Do outro lado da quadra, Terry Rozier e Marcus Morris, que fizeram 17 pontos cada um, também se destacaram, mas não corresponderam o suficiente na missão de reduzir a diferença no marcador.

Na segunda-feira, os Cavs recebem o Indiana Pacers, às 20h. Os Celtics, por sua vez, têm duelo em casa contra o Philadelphia 76ers, às 20h da terça.

O jogo

Neste sábado, Osman foi o primeiro a acertar a cesta, abrindo dois pontos de vantagem em cima dos adversários. Eles logo ampliaram a vantagem, para dar poucas chances ao Celtics. Os comandados por Brad Stevens ainda esboçaram reação, diminuíram a diferença, mas foram para o segundo quarto com nove pontos a menos.

Os Cavs seguiram na liderança durante todo o embate e chegaram a abrir 25 pontos de vantagem. Apesar de não fazerem grandes defesas, os visitantes buscaram atacar, mas sem grande eficiência para amenizar o marcador. Depois do intervalo, Al Horford e companhia embalaram. Fizeram um terceiro quarto melhor, mas foram superiores na última etapa.

 

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS