Danilo admite ?diferencial negativo? para a Argentina sem MessiMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Danilo admite ?diferencial negativo? para a Argentina sem Messi

O lateral direito Danilo foi na contramão do companheiro Miranda durante a entrevista dos atletas da Seleção Brasileira após o treino deste domingo, na cidade de Jidá. De olho na partida contra a Argentina, nesta terça-feira, às 15h (de Brasília), ele admitiu que o rival chega mais fraco ao jogo sem Lionel Messi, que não [?]

15:15 | 14/10/2018

O lateral direito Danilo foi na contramão do companheiro Miranda durante a entrevista dos atletas da Seleção Brasileira após o treino deste domingo, na cidade de Jidá. De olho na partida contra a Argentina, nesta terça-feira, às 15h (de Brasília), ele admitiu que o rival chega mais fraco ao jogo sem Lionel Messi, que não foi convocado para esses duelos.

?Se o Messi não está jogando, é um diferencial negativo para eles. Ele tem uma qualidade inigualável. É claro que a motivação contra ele está nas alturas, é preciso estar concentrado o tempo todo para enfrentá-lo. Mas temos que deixar isso de lado e pensar que é a Argentina?, avaliou o lateral.

Depois de perder a chance de ser titular na Copa do Mundo e ver Fabinho jogar as duas últimas partidas da Seleção, Danilo quer mostrar que é capaz de manter uma sequência na posição. Fagner, outro nome comumente chamado para o setor, está envolvido nas finais da Copa do Brasil com o Corinthians.

?A seleção brasileira só tem a ganhar com tantas opções de alto nível. Sempre foi escolhido quem estivesse em melhor momento, independentemente do nome. É um objetivo que tenho, jogar o maior número de jogos dentro dos titulares?, avaliou, sabendo que terá pela frente um rival de nível mais forte do que El Salvador e Arábia Saudita, quando ficou fora dos 11 iniciais.

?Eu concordo que é um pouco diferente o nível dos últimos amistosos, mas também acho importante para os novos jogadores entenderem quão grande é jogar pela Seleção e enfrentar times do nível da Argentina?, continuou, sem, porém, confirmar sua escalação.

?Isso não é uma pergunta para mim, tem que ser para o Tite. Eu acho que vou jogar, estou preparado para começar jogando. Já ganhei dois Superclássicos e vou querer ganhar o terceiro?, concluiu Danilo.

Gazeta Esportiva

TAGS