Chefe da Mercedes faz alerta para risco de complacênciaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Chefe da Mercedes faz alerta para risco de complacência

Em entrevista a Sky Sports após o Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, vencido por Lewis Hamilton, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, deixou clara a intenção de sua equipe continuar traçando objetivos para si, evitando e minimizando o risco de se cair em uma zona de conforto. Depois da corrida, o mandatário afirmou que, [?]

07:15 | 07/10/2018

Em entrevista a Sky Sports após o Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, vencido por Lewis Hamilton, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, deixou clara a intenção de sua equipe continuar traçando objetivos para si, evitando e minimizando o risco de se cair em uma zona de conforto.

Depois da corrida, o mandatário afirmou que, de fato, o título de pilotos por parte de Lewis Hamilton está ?encaminhado?, mas ainda há um longo caminho a ser realizado para que a Mercedes garanta, igualmente, o campeonato de equipes.

?Ainda não ganhamos nada este ano, mas é importante se reinventar e criar novos objetivos para si. Sempre há o risco de complacência e de falta de metas. Temos o objetivo de conquistar o campeonato de pilotos e de construtores, mas ainda não está nada feito. O de construtores não está encaminhado como o de pilotos, mas estamos nos esforçando?, contou.

A Fórmula 1 volta às ações no circuito de Austin, nos Estados Unidos, para a 18ª etapa de seu calendário. Lewis Hamilton encontra-se, atualmente, com 331 pontos na tabela de classificação, 67 à frente do rival Sebastian Vettel, da Ferrari.

Gazeta Esportiva

TAGS