Tuchel elogia Neymar, mas solta palavrão ao ser questionado sobre mudançasMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Tuchel elogia Neymar, mas solta palavrão ao ser questionado sobre mudanças

Falso 9, armador e ponta esquerda. Com a chegada de Thomas Tuchel ao Paris Saint-Germain, Neymar já atuou em todas essas posições ao longo da temporada. Às vésperas do duelo contra o Rennes, pelo Campeonato Francês, o brasileiro teve sua versatilidade exaltada pelo comandante do time parisiense. ?É definitivamente claro que ele (Neymar) pode jogar [?]

13:15 | 22/09/2018

Falso 9, armador e ponta esquerda. Com a chegada de Thomas Tuchel ao Paris Saint-Germain, Neymar já atuou em todas essas posições ao longo da temporada. Às vésperas do duelo contra o Rennes, pelo Campeonato Francês, o brasileiro teve sua versatilidade exaltada pelo comandante do time parisiense.

?É definitivamente claro que ele (Neymar) pode jogar pela esquerda, ou no meio. São recursos que somente jogador desse porte pode conseguir?, declarou o alemão em entrevista coletiva.

No entanto, na derrota para o Liverpool na estreia da Liga dos Campeões, a principal partida do PSG na temporada até o momento, o treinador optou por escalar Neymar na ponta esquerda, onde o atacante está mais acostumado a jogar. Quando perguntado sobre as alterações de posição do camisa 10, Tuchel disse que será uma constante e explicou a decisão de escalá-lo mais aberto diante do time inglês.

?Vou decidir jogo a jogo a posição dele. Ele está em boa forma e contra o Liverpool expliquei que no início eu pensava que ele não teria espaço como 10, e por isso começou pela esquerda. Só que o Liverpool ataca muito pelas pontas e mudamos o posicionamento durante a partida?, declarou.

Contido nas palavras, o alemão perdeu a postura ao ser questionado sobre a necessidade de mudanças táticas após a derrota na estreia da Champions. Em um tom agressivo, o treinador deixou o francês de lado para falar em inglês, língua em que é fluente.

?Mudar, qual o sentido disso? Não entendo a pergunta. Se o jogo tivesse terminado antes, em 2 a 2, todos não falariam de mudanças. Mas eu não me importo em ganhar e perder. Agora vamos jogar o Campeonato Francês em que todos acham que precisamos ganhar todos os jogos, só que não vou considerar isso. Eu quero dar o melhor. Se fizermos m****, mesmo que ganhemos, entendo que merecemos ser criticados ?, afirmou Tuchel.

Com o comando do ex-Dortmund, o PSG está com 100% de aproveitamento no Campeonato Francês. Nas cinco partidas da equipe pela competição, Neymar atuou em quatro e marcou quatro gols.

Gazeta Esportiva

TAGS