Querrey supera Cilic e mantém Estados Unidos vivo na Copa DavisMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Querrey supera Cilic e mantém Estados Unidos vivo na Copa Davis

Marin Cilic teve a chance de confirmar a classificação da Croácia para a grande final da Copa Davis contra a França, garantida no último sábado. Porém, o tenista número seis do mundo não conseguiu fazer valer seu poderio ofensivo e acabou derrotado por Sam Querrey, que fez 3 a 1 (6/7 (2-7), 7/6 (8-6), 6/3 [?]

13:15 | 16/09/2018

Marin Cilic teve a chance de confirmar a classificação da Croácia para a grande final da Copa Davis contra a França, garantida no último sábado. Porém, o tenista número seis do mundo não conseguiu fazer valer seu poderio ofensivo e acabou derrotado por Sam Querrey, que fez 3 a 1 (6/7 (2-7), 7/6 (8-6), 6/3 e 6/4) em 3h11 de partida e manteve os Estados Unidos vivos no confronto.

Com a vitória de Querrey neste domingo, o confronto ficou empatado em 2 a 2 e terá de ser decidido apenas no quinto jogo. Pelo lado croata, o representante será Borna Coric, enquanto o jovem de 20 anos, Frances Tiafoe, irá representar os norte-americanos em sua segunda partida pela competição. Quem avançar faz a final nos dias 23 e 25 de novembro.

Logo no primeiro game, Cilic quebrou o serviço do adversário, mas teve sua vantagem minimizada no quarto game, quando cedeu o empate. No tie-break, o croata foi dominante, não cedeu pontos por intermédio de seu saque e quebrou duas vezes o de Querrey para sair na frente.

O cenário do primeiro set foi praticamente o mesmo na segunda parcial, com serviços sendo quebrados e uma vantagem desperdiçada de Cilic, que chegou a liderar por 4/2. Novamente no tie-break. o croata tomou conta e abriu 6 a 1, mas o norte-americano reagiu de forma impressionante vencendo seis pontos seguidos, empatando o jogo em 1 a 1 e iniciando a reação.

A superioridade de Querrey foi mantida no terceiro e no quarto set. Usando muito bem seu saque e cometendo poucos erros, o norte-americano conseguiu conter o ímpeto do adversário croata para confirmar o triunfo e a sobrevivência dos Estados Unidos na Copa Davis.

Gazeta Esportiva

TAGS