Ex-piloto da Fórmula 1 diz que Alonso deveria ter mais títulos na carreiraMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Ex-piloto da Fórmula 1 diz que Alonso deveria ter mais títulos na carreira

A temporada de 2018 será a última de Fernando Alonso na Fórmula 1, já que o piloto buscará novos rumos na sua carreira a partir do ano que vem. Apesar de entender a saída do bicampeão da modalidade Stefan Johansson, ex-piloto da F1, afirmou que o espanhol deveria ter mais títulos em sua carreira, levando [?]

11:45 | 27/09/2018

A temporada de 2018 será a última de Fernando Alonso na Fórmula 1, já que o piloto buscará novos rumos na sua carreira a partir do ano que vem. Apesar de entender a saída do bicampeão da modalidade Stefan Johansson, ex-piloto da F1, afirmou que o espanhol deveria ter mais títulos em sua carreira, levando em conta seu enorme talento e habilidades únicas.

?Eu entendo as razões de Fernando (Alonso) querer sair da . Todos sabemos que suas conquistas são menores do que merecem suas habilidades, ele é extremamente habilidoso. Mas esta é a Fórmula 1, isso acontece. Mesmo os melhores pilotos não podem lutar contra os líderes se não tiverem meios competitivos suficientes para fazer isso?, afirmou Johansson.

O ex-piloto sueco também falou sobre a falta de competitividade da Fórmula 1 nos últimos anos. Para Johansson, a tecnologia avançada faz com que as corridas tenham menos emoção e mais previsibilidade de quem vai ir bem ou quem vai ir mal nas provas.

?É difícil manter-se motivado nesses momentos, e se você descobrir que vai lutar largando em oitavo ou 12º, você acaba tendo uma motivação diferente (comentando a situação de Alonso). Outro problema é que a Fórmula 1 tecnicamente é extremamente complicada, hoje em dia está diferente. A alta tecnologia que vemos atualmente faz com que os simuladores sejam tão eficientes que não há imprevisibilidade durante as corridas?, ressaltou Johansson.

Nesta temporada, Alonso está na oitava colocação, com 50 pontos. A briga mais realista do espanhol é pela sétima posição, atualmente com Nico Hulkenberg, que tem 53, já que a sexta colocação é de Daniel Ricciardo, que tem mais que o dobro: 126 pontos.

Gazeta Esportiva

TAGS