Evandro vence prêmio de melhor saque pela 4ª vez; Ricardo leva duas categoriasMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Evandro vence prêmio de melhor saque pela 4ª vez; Ricardo leva duas categorias

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) divulgou nesta segunda-feira os prêmios individuais do Circuito Mundial de vôlei de praia e o Brasil foi premiado em três categorias. O campeão mundial Evandro conquistou pelo quarto ano seguido o prêmio de ?Melhor Saque? da temporada, enquanto o campeão olímpico Ricardo venceu nas categorias ?Jogador mais inspirador? e [?]

18:15 | 03/09/2018

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) divulgou nesta segunda-feira os prêmios individuais do Circuito Mundial de vôlei de praia e o Brasil foi premiado em três categorias. O campeão mundial Evandro conquistou pelo quarto ano seguido o prêmio de ?Melhor Saque? da temporada, enquanto o campeão olímpico Ricardo venceu nas categorias ?Jogador mais inspirador? e ?Esportista do ano?.

?Fico feliz por ter sido lembrado, o Ed (técnico Ednilson Costa) me cobra muito esse fundamento, trabalhamos muito forte. Sabemos que o vôlei de praia alcançou um nível muito grande de equilíbrio, é preciso fazer algo diferente. Nesta temporada, consegui variar bem o estilo dos saques. Muitos adversários ficam no fundo de quadra, esperando um saque mais potente, e passei a adotar táticos, curtos, para surpreender?, destacou Evandro.

Aos 43 anos, Ricardo segue atuando em alto nível e avaliou a temporada, fazendo questão de agradecer ao apoio de todos na campanha. ?Foi uma surpresa muito grande, estava com outros planos em 2018 e tive que refazê-los depois do convite do Guto. Esses prêmios motivam ainda mais ao novo projeto que tenho na reedição junto ao Álvaro. Tenho que agradecer aos profissionais que me auxiliaram nessa reinvenção da minha maneira de jogar em alto rendimento.  Podem esperar um atleta ainda mais motivado e preparado para a disputa da vaga olímpica?, exaltou.

Com as duas novas conquistas, Ricardo chega ao oitavo prêmio individual. Ele já foi eleito melhor jogador do mundo, em 2005 e 2007, além de melhor jogador ofensivo (2005, 2006 e 2007) e melhor atacante (2005).

Com o quarto prêmio consecutivo, Evandro também iguala uma marca importante. Ele empata com o russo Igor Kolodinsky, que venceu a categoria entre 2007 e 2010 e era o jogador com mais títulos no fundamento.

?É o trabalho de uma equipe, são várias pessoas que nos ajudam a aperfeiçoar cada fundamento. Claro que em alguns dias o saque não funciona como gostaríamos, e aí está a importância do conjunto. É bom ser reconhecido pelos colegas de trabalho. Vou seguir trabalhando, tendo a opção de saques potentes e outros mais colocados para deixar sempre a dúvida na cabeça dos adversários?, completou Evandro.

A premiação do naipe feminino será divulgada nesta terça-feira. O Brasil é o país com mais prêmios, tendo vencido 113 categorias desde 2005.

Gazeta Esportiva

TAGS