Em busca de oitavo título, Seleção estreia no Montreux MastersMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Em busca de oitavo título, Seleção estreia no Montreux Masters

Zé Roberto é o responsável pelo comando da Seleção Sob o comando de Zé Roberto, a Seleção de vôlei estreia, nesta terça-feira, no Montreaux Volley Masters. Na Suíça, o time entra em quadra às 13h45 para embate contra a Rússia. A disputa preparatória para o Mundial, que acontece entre 29 de setembro e [?]

14:00 | 03/09/2018

Zé Roberto é o responsável pelo comando da Seleção Sob o comando de Zé Roberto, a Seleção de vôlei estreia, nesta terça-feira, no Montreaux Volley Masters. Na Suíça, o time entra em quadra às 13h45 para embate contra a Rússia. A disputa preparatória para o Mundial, que acontece entre 29 de setembro e 20 de outubro, vale também o oitavo título brasileiro na competição.

Atual campeão do torneio, o Brasil, dessa vez, tem à frente duelo contra a Rússia, Polônia e Camarões, pelo grupo B. Na chave A estão Itália, Turquia, China e as donas da casa. As duas melhores equipes de cada grupo se encontram nas semifinais.

?A Rússia é um time que me chamou a atenção na Liga das Nações. É uma equipe que melhorou a qualidade técnica e a velocidade de jogo. Com a volta da Goncharova, a Rússia também ganhou mais uma definidora?, analisou as rivais o treinador José Roberto. ?Elas vão dar muito trabalho e evoluíram o nível de passe e recepção. Além disso, a Rússia sempre teve o bloqueio como principal fundamento da sua escola. Esse confronto vai ser importante para medirmos forças com essa equipe que está em evolução?.

O último confronto entre as Seleções terminou com vitória verde e amarela, por 3 sets a 2. Para Rosamaria, as brasileiras evoluíram desde a Liga das Nações e podem levar a melhor mais uma vez. ?Essa partida contra a Rússia representará um bom teste para a equipe. A Rússia fez uma boa Liga das Nações e vencemos o jogo contra elas no quinto set. Vamos focar no nosso jogo para fazermos uma boa partida?, afirmou.

A atleta ainda destacou a importância da preparação para o Mundial. ?É uma boa oportunidade para fazermos os últimos testes antes da competição. Será um torneio preparatório para o nosso grupo?, finalizou. O Brasil entra em quadra com as levantadoras Dani Lins e Roberta, a oposta Monique, as ponteiras Fernanda Garay, Natália, Gabi, Amanda, Rosamaria e Drussyla, as centrais Thaisa, Adenízia e Carol e as líberos Suelen e Gabiru.

Gazeta Esportiva

TAGS