Raikkonen vê abandono como consequência do ?mau treino?Mais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Raikkonen vê abandono como consequência do ?mau treino?

Kimi Raikkonen acabou não tendo o desempenho esperado no Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1. Maior vencedor em atividade no circuito de Spa-Francoschamps, o finlandês começou o final de semana bem, inclusive liderando o segundo treino livre, realizado na última sexta-feira. No entanto, o erro de estratégia da Ferrari no treino classificatório acabou colocando [?]

09:15 | 27/08/2018

Kimi Raikkonen acabou não tendo o desempenho esperado no Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1. Maior vencedor em atividade no circuito de Spa-Francoschamps, o finlandês começou o final de semana bem, inclusive liderando o segundo treino livre, realizado na última sexta-feira. No entanto, o erro de estratégia da Ferrari no treino classificatório acabou colocando o piloto na sexta posição do grid de largada e, segundo ele, foi o que provocou o abandono na corrida de domingo.

?É o que se ganha quando temos um mau treino. As pessoas começam a fazer coisas que obviamente não funcionam muito bem. Fui atingido, e é isso. Se você continuar (numa corrida) assim, não conseguirá nada, apenas vai embora, e mesmo nas retas você não pode ir a toda velocidade?, afirmou o finlandês, que se chocou com Ricciardo, teve um pneu furado e acabou deixando o GP em função de danos no carro.

Raikkonen resistiu por uma volta inteira com o pneu furado, e ainda conseguiu alcançar o pelotão de frente quando o safety car entrou na pista. Contudo, problemas na asa traseira móvel obrigaram o piloto da Ferrari a abandonar o circuito belga

?O DRS ficou abrindo sozinho, então não havia nada que pudéssemos fazer. Alguém me acertou na traseira e tive muitos danos também no assoalho e na asa traseira, depois que tive de dar uma volta inteira com o pneu furado. Daí terminou quando o DRS começou a abrir sozinho o tempo todo, obviamente não havia motivo para continuar?, completou.

Kimi Raikkonen é o terceiro colocado na classificação geral da Fórmula 1. Ele possui 146 pontos ganhos, 85 a menos que o companheiro de Ferrari Sebastian Vettel, vice-líder. A primeira posição é de Lewis Hamilton, que, por sua vez, tem 231 pontos. A próxima etapa, a 14ª do Circuito Mundial, será disputada no próximo final de semana, na pista de Monza, na Itália.

 

Gazeta Esportiva

TAGS