Clube chinês impede saída de Witsel ao Borussia DortmundMais Esportes | Esportes O POVO 

PUBLICIDADE
Esportes


Clube chinês impede saída de Witsel ao Borussia Dortmund

Peça importante na histórica campanha belga na Copa do Mundo da Rússia, o meio-campista Axel Witsel deverá seguir no Tianjin Quanjian. Depois de ter sua transferência ao Borussia Dortmund dada como certa pela imprensa alemã, o técnico do clube chinês, Paulo Sousa, disse que desconhece qualquer proposta pelo atleta. ?Não recebi nenhuma informação sobre essa questão, [?]

15:45 | 02/08/2018

Peça importante na histórica campanha belga na Copa do Mundo da Rússia, o meio-campista Axel Witsel deverá seguir no Tianjin Quanjian. Depois de ter sua transferência ao Borussia Dortmund dada como certa pela imprensa alemã, o técnico do clube chinês, Paulo Sousa, disse que desconhece qualquer proposta pelo atleta.

?Não recebi nenhuma informação sobre essa questão, nem por parte do clube nem por parte do jogador?, destacou o treinador à rede de televisão chinesa CGTN.

Nos últimos dias, a imprensa esportiva da Alemanha noticiou que o Borussia Dortmund estava perto de contratar o belga, que tem vínculo com o Tianjin até dezembro do próximo ano, por 20 milhões de euros (em torno de R$ 87 milhões).

?Estou perfeitamente consciente de que o jogador pode ter uma cláusula de transferência em seu contrato, mas esse ponto só é aplicável durante o período de mercado?, explicou o comandante português. ?Aqui na China a data limite era dia 12 de julho, por isso a situação não vai acontecer?, completou.

Para acabar com qualquer possibilidade de transferência de Witsel, Shu Yuhui, proprietário do clube chinês, reforçou as falas do treinador ao dizer que o jogador se reapresenta ao time no dia 5 de janeiro. Vindo do Zenit, da Rússia, o meio-campista chegou ao Tianjin em janeiro de 2017 por 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 72 milhões à época)

Gazeta Esportiva

TAGS