PUBLICIDADE
Esportes

Nadal avança em Wimbledon e retoma número 1; Del Potro também vence

Na manhã deste sábado, Rafael Nadal entrou em quadra pelo torneio de Wimbledon e, diante do australiano Alex de Minaur, não teve dificuldades para vencer com parciais de 6/1, 6/2 e 6/4. Com o resultado, o espanhol se garante no topo do ranking da ATP, à frente de Roger Federer. Outro que venceu foi Juan [?]

12:45 | 07/07/2018

Na manhã deste sábado, Rafael Nadal entrou em quadra pelo torneio de Wimbledon e, diante do australiano Alex de Minaur, não teve dificuldades para vencer com parciais de 6/1, 6/2 e 6/4. Com o resultado, o espanhol se garante no topo do ranking da ATP, à frente de Roger Federer. Outro que venceu foi Juan Martin Del Potro. Diante do francês Benoit Paire, fez 6/4, 7/6 (7-4) e 6/3 em 2h28 de partida.

Alex de Minaur ocupa apenas a 80° posição no ranking, e em nenhum momento demonstrou força para superar Nadal. O espanhol, durante a maior parte do tempo, foi regular nos saques, permitindo apenas dois break-points, e tentou muito o slice como variação do backhand.

No terceiro set, o australiano conseguiu crescer um pouco no jogo, e teve maior eficiência no saque e nas trocas no fundo, mesmo tendo sido quebrado no quinto game. No entanto, não conseguiu assustar o número 1 do mundo, que fechou a partida em 1h59. Agora, Rafael Nadal terá pela frente o vencedor do confronto entre o italiano Fabio Fognini e o tcheco Jiri Vesely.

O argentino Del Potro, por outro lado, não teve tarefa tão fácil. O duelo diante do francês Benoit Paire foi muito equilibrado. No primeiro set, uma sequência de três quebras, sendo duas delas para Del Potro e a outra para Paire foi o que definiu. Na segunda parcial, o francês chegou a ter um break de frente, mas levou a pior no tie-break. No terceiro set, o argentino novamente obteve duas quebras, contra uma do adversário, e fechou a vitória.

Agora, Juan Martin Del Potro terá pela frente Gilles Simon, outro francês. Simon bateu o australiano Matthew Ebden por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 6/7 (3-7), 6/3 e 7/6 (7-2). No histórico do confronto, melhor para o argentino, que tem quatro vitórias, contra três do adversário.

Gazeta Esportiva

TAGS