PUBLICIDADE
Esportes

Brasileiro conquista bicampeonato mundial sub-23 no remo

Uncas Tales Batista vai se consolidando como uma grande esperança para o remo brasileiro. Neste domingo, na Raia Malta, localizada em Poznan, na Polônia, o atleta faturou o bicampeonato mundial sub-23 da modalidade, na categoria Single Skiff Masculino Peso Leve. Em 2017, Uncas Tales Batista já havia conquistado o título mundial. No ano seguinte, manteve [?]

11:45 | 29/07/2018

Uncas Tales Batista vai se consolidando como uma grande esperança para o remo brasileiro. Neste domingo, na Raia Malta, localizada em Poznan, na Polônia, o atleta faturou o bicampeonato mundial sub-23 da modalidade, na categoria Single Skiff Masculino Peso Leve.

Em 2017, Uncas Tales Batista já havia conquistado o título mundial. No ano seguinte, manteve a boa fase e faturou o ouro da categoria no Sul-Americano e venceu, pelo Botafogo, o Troféu Brasil de Barcos Curtos no Single Skiff.

Desde a semifinal, Uncas Tales demonstrava ótimo desempenho, já que se classificou com o segundo melhor tempo entre os competidores. Seu ótimo resultado foi lembrado inclusive pelo Botafogo, clube que defende no Brasil.

Outro representante brasileiro em uma final no Mundial sub-23, Lucas Verthein não conseguiu deixar a competição com uma medalha. Ele disputou a final do do Single Skiff e terminou na sexta colocação. Em comparação a 2017, apresentou uma evolução, já que havia conseguido o 11º lugar na edição anterior.

Por fim, o Brasil teve uma representante feminina no Mundial.  Milena Viana disputou neste domingo a final B do Single Skiff e ficou com a nona colocação, no geral. Ela também evoluiu em relação à edição anterior do Mundial, em que conquistou o 18º lugar.

Gazeta Esportiva

TAGS