PUBLICIDADE
Esportes

Bottas nega ser coadjuvante e diz ter liberdade para brigar com Hamilton

Com contrato renovado na Mercedes para 2019, Valtteri Bottas está feliz na equipe alemã. Apesar de ter recebido uma ordem de equipe para manter a posição na fase final do GP da Alemanha e não ultrapassar Lewis Hamilton, que vinha logo a frente, o finlandês garante que não é fiel escudeiro de seu companheiro e [?]

16:15 | 26/07/2018

Com contrato renovado na Mercedes para 2019, Valtteri Bottas está feliz na equipe alemã. Apesar de ter recebido uma ordem de equipe para manter a posição na fase final do GP da Alemanha e não ultrapassar Lewis Hamilton, que vinha logo a frente, o finlandês garante que não é fiel escudeiro de seu companheiro e não tem papel secundário dentro da escuderia.

?Eu acredito que ainda estamos autorizados a competir livres. Deve-se analisar corrida a corrida, mas não há nenhum plano para eu ter um papel de coadjuvante. Perdemos muitos pontos nas últimas três corridas, então entendo a posição do time, estávamos lado a lado. Acredito que teriam feito o mesmo caso eu estivesse na liderança naquele momento?, avaliou em coletiva de imprensa prévia ao GP da Hungria, neste fim de semana.

Bottas também celebrou a renovação de contrato: ?Obviamente neste ponto da temporada é bom saber o que você vai fazer no próximo ano, te dá uma maior confiança. Estou muito feliz e orgulhoso em ser um membro da equipe novamente. O time estava avaliando todas as opções disponíveis e me sinto feliz por terem me escolhido, e não outro piloto. A equipe sabe dos meus resultados e desempenho e sabem o que posso conquistar. É um bom passo para o próximo ano?, destacou.

A Fórmula retorna neste fim de semana para a etapa da Hungria. Lewis Hamilton lidera o campeonato com 188 pontos, 17 a mais que o segundo colocado Sebastian Vettel. Kimi Raikkonen é o terceiro com 131 pontos e Bottas vem na sequência com 122.

Gazeta Esportiva

TAGS