PUBLICIDADE
Esportes

Verstappen comanda também no segundo treino livre no Canadá

No segundo treino livre no GP do Canadá, quem levou a melhor foi, novamente, o belga Max Verstappen, da Red Bull Racing. Depois de ser o número um na primeira sessão, ele voltou a mostrar bom desempenho para ficar à frente, com tempo de 1min12s198. Na preparação para a sétima etapa da temporada, o britânico [?]

17:15 | 08/06/2018

No segundo treino livre no GP do Canadá, quem levou a melhor foi, novamente, o belga Max Verstappen, da Red Bull Racing. Depois de ser o número um na primeira sessão, ele voltou a mostrar bom desempenho para ficar à frente, com tempo de 1min12s198. Na preparação para a sétima etapa da temporada, o britânico Lewis Hamilton dominou boa parte da prova, mas foi superado e terminou com o quarto tempo, no Circuito Gilles Villeneuve.

O outro piloto da RBR, Daniel Ricciardo ficou a maior parte do treino amargando um último posto. Com problemas na unidade de frequência, o australiano não fez boas voltas. Ele, entretanto, mostrou impressionante recuperação, voltou à pista faltando 20 minutos do fim da sessão e fugiu da última colocação. Inicialmente assumindo o 14º posto, Ricciardo conseguiu subir para o terceiro melhor tempo, desbancando Hamilton.

O finlandês Kimi Raikkonen, primeiro a entrar na pista, ficou na ponta da lista nos minutos iniciais do treino, mas não conseguiu administrar a vantagem e foi superado por Verstappen, terminando como número dois.

O treino

Ainda com 11 pilotos na pista, Raikkonen assumiu a ponta dos tempos e fez 1min14s817. Com supermacios, o britânico Lewis Hamilton chegou bem, para sacar o filandês da primeira colocação e fazer 1min13s347. Valtteri Bottas, em seguida, entrou, assumiu o segundo posto.

Já com Verstappen no segundo posto, um incansável Hamilton, aos poucos, foi diminuindo seu tempo e ampliando a vantagem em cima dos adversários. Ele chegou a 1min12s777 antes da bandeira vermelha ser convocada, após colisão de Sainz, que raspou a traseira de seu carro em uma das curvas e teve que recolher.


Foi quase na metade do treino, fazendo tempo de 1min12s328, que os pneus hipermacios de Kimi desbancaram o tempo de Hamilton. A felicidade do finlandês, entretanto, não durou muito. Isso porque, com incríveis 1min12s198, Verstappen passou a liderar, também usando hipermacios.

A bandeira amarela foi acionada a 30 minutos do fim do treino, em toque de muro de Stoffel Vandoorne, que furou o pneu e deixou a sessão.


O próximo compromisso dos pilotos é o treino qualificatório, que terá início neste sábado, às 15 horas. A prova acontecerá no domingo, no mesmo horário

Gazeta Esportiva

TAGS