PUBLICIDADE
Esportes

Monteiro e Clezar caem na primeira fase do quali de Wimbledon

Depois de voltar a assumir o posto de melhor tenista do país, nesta segunda-feira, Thiago Monteiro estreou com derrota no qualificatório de Wimbledon. Além dele, outro brasileiro, Guilherme Clezar também caiu na fase inicial da disputa por vaga no principal Grand Slam britânico na grama. Cabeça 23 do quali, Monteiro entrou em quadra contra o francês [?]

14:45 | 25/06/2018

Depois de voltar a assumir o posto de melhor tenista do país, nesta segunda-feira, Thiago Monteiro estreou com derrota no qualificatório de Wimbledon. Além dele, outro brasileiro, Guilherme Clezar também caiu na fase inicial da disputa por vaga no principal Grand Slam britânico na grama.

Cabeça 23 do quali, Monteiro entrou em quadra contra o francês Gregoire Barrere, 192º do mundo. O retrospecto favorável ao canhoto de Fortaleza, que venceu o rival na semifinal do challenger de Lyon em 2016, entretanto, não foi repetido. Dessa vez, Monteiro foi superado com parciais de 6/4, 2/6 e 6/3, em 1h40.

Em sua primeira chance de saque, Monteiro foi superado pelo adversário, que perdeu chances de break point. Em seguida, entretanto, conseguiu tirar ponto de Barrere que, no décimo game, voltou a levar a melhor para ficar à frente. Monteiro voltou embalado para a segunda parcial. Quebrando o francês na primeira chance, chegou a ceder ponto, mas, em seguida, se recuperou para, além de confirmar seus serviços, somar dois do rival e deixar o marcador igual.

Na etapa decisiva, um jogo equilibrado. Com os dois sem cederem pontos, o francês forçou durante o saque rival para conseguir levar a melhor e avançar na disputa.

Outro brasileiro na grama nesta segunda-feira, Clezar foi superado em dois sets diretos. Ele viu parciais de 6/2 e 6/3, em uma hora de confronto contra Thomas Fabbiano. Na última parcial, o italiano chegou a perder três chances de match point, mas conseguiu manter o bom resultado para avançar na disputa.

Junto com a Copa ? Wimbledon esse ano terá um rival durante a final. Isso porque a decisão do torneio está marcada para 15 de julho, data da decisão da Copa do Mundo, às 10 horas (no horário de Brasília). Apesar do risco de os dois embates acontecerem simultaneamente (já que a final do Mundial começa ao 12h), a organização do torneio de tênis afirmou que não mudará a data ou o horário da disputa.

Gazeta Esportiva

TAGS