PUBLICIDADE
Esportes

Explorando bloqueio na casa rival, Brasil vence a Rússia na Liga das Nações

Estreando na terceira semana da Liga das Nações, a Seleção Brasileira masculina foi até a casa dos russos para derrotar a equipe por 3 sets a 1, nesta sexta-feira. Para fazer parciais de 25/21, 25/20, 25/27 e 25/18, os nacionais souberam explorar bem o bloqueio e levaram a melhor em Ufa, na Rússia. Com a [?]

13:30 | 08/06/2018

Estreando na terceira semana da Liga das Nações, a Seleção Brasileira masculina foi até a casa dos russos para derrotar a equipe por 3 sets a 1, nesta sexta-feira. Para fazer parciais de 25/21, 25/20, 25/27 e 25/18, os nacionais souberam explorar bem o bloqueio e levaram a melhor em Ufa, na Rússia. Com a vitória, a Seleção assumiu a liderança do campeonato, ultrapassando a Polônia.

Embalados das vitórias contra a Sérvia, Alemanha, Coreia do Sul, China e Estados Unidos, e somando apenas uma derrota, para a Itália, os brasileiros contaram, outra vez, como o bom vôlei de Isaq, que vem se destacando na equipe. O time também soube se posicionar bem em quadra para conseguir salvar boas bolas de fundo de quadra.

Sob o comando de Renan Dal Zotto, o Brasil entrou em quadra com Bruninho, Isac, Douglas Souza, Maurício Borges, Wallace, Lucão e Thales, como líbero. De cara, Douglas fez o primeiro da equipe, enviando a bola direto para o chão rival. Começou, então, uma sequência de pontos lá e cá para manter o jogo equilibrado.

Explorando o bloqueio adversário, os brasileiros conseguiram somar pontos importantes. Mauricio e seus parceiros também viram erros rivais para ficar na vantagem. Para levar a melhor, os nacionais deixaram Karpukhov ficar em bloqueio triplo.

Apesar dos erros, Lucão e companhia conseguiram se impor na segunda parcial. Isaq voltou a mostrar importância na equipe, que não poupou aces para ficar à frente no marcador. Wallace também fez jogadas fortes para desestabilizar os adversários.

Pressionando mais no início do terceiro set, os russos conseguiram bons saques para ficar na dianteira. O primeiro ponto da etapa veio em jogada do dono da casa, Kliuka. Por vezes, quem também explorou o bloqueio a favor dos nacionais foi Maurício Borges, que ajudou o Brasil a encostar.

Os minutos finais do terceiro set foi acirrado, já que os nacionais evitaram set point dos adversários em duas oportunidades. Um erro brasileiro, que mandou bola para rede, entretanto, voltou a dar a chance aos russos. Apesar da reação dos comandados por Renan, a Rússia foi quem levou a melhor, para forçar o quarto set.

Na etapa, os brasileiros voltaram a fazer bloqueios firmes e subtrair pontos dos adversários. Imprimindo bom ritmo, os nacionais tiraram os russos da defesa para abrir caminho e somar. À frente, Wallace mostrou sua bola na diagonal e seguiu somando pelo time, que viu tentativa de reação rival, mas levou a melhor.

Agora, o próximo compromisso da equipe verde e amarela é contra o Irã, neste sábado, às 8h30. Depois, o grupo volta à quadra no domingo e se despede da etapa contra a China, novamente às 8h30.

 

Gazeta Esportiva

TAGS