PUBLICIDADE
Esportes

Com Ariadna de MVP, festa premia principais destaques da LBF

A Liga de Basquete Feminino, cuja emissora oficial é a TV Gazeta, teve sua campeã definida no último domingo, porém as premiações continuaram na noite desta terça-feira. Em evento realizado na Vila Olímpia, em São Paulo, a organização condecorou as jogadoras que se destacaram na competição. A MVP e grande destaque da competição foi a [?]

23:00 | 05/06/2018

A Liga de Basquete Feminino, cuja emissora oficial é a TV Gazeta, teve sua campeã definida no último domingo, porém as premiações continuaram na noite desta terça-feira. Em evento realizado na Vila Olímpia, em São Paulo, a organização condecorou as jogadoras que se destacaram na competição.

A MVP e grande destaque da competição foi a ala Ariadna, do Vera Cruz Campinas. A cubana desbancou a companheira de equipe e melhor jogadora das finais, Melisa Gretter e Jaqueline (Santo André), cestinha da primeira fase.

O quinteto ideal contou com a presença de duas jogadoras do campeão Vera Cruz Campinas: Meli Gretter e Ariadna. Completaram a seleção Briahanna Jackson (Sampaio), Gilmara (Uninassau) e Thayná (São Bernardo).

Além de estar presente no melhor time da Liga, Thayná foi eleita a revelação do campeonato. A ala superou a concorrência de sua companheira de equipe Lays e de Larissa, do Presidente Vesceslau.

?Estou muito feliz, principalmente pelo prêmio revelação. Foi uma liga e tanto para mim. Parei por um ano e tive essa oportunidade no São Bernardo. É algo que vou levar para a minha vida inteira. Também dedico esses dois prêmios para as meninas que me ajudaram bastante, dentro e fora de quadra?, exaltou a atleta em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Outra jogadora que se destacou na competição foi Jaqueline (Santo André/Apaba). Além de ter sido a cestinha, com média de 21 pontos por jogo, foi a líder de bolas de três pontos, com uma média de 3 cestas por partida.

?É fruto de muito trabalho, não só meu, mas de toda a equipe do Santo André. Foi uma ótima temporada pelos meus resultados pessoais, porém como equipe, almejávamos mais. Paramos nas quartas de final, mas vamos em busca do título na próxima temporada?, falou a jogadora em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Tetracampeão da LBF, Antonio Carlos Vendramini foi escolhido o melhor técnico, desbancando o vice-campeão com o Sampaio, Virgil Lopez e o quarto colocado com o Blumenau, João Camargo.

Na festa, a equipe do Uninassau recebeu as medalhas e o troféu pela terceira colocação na competição. Presente na lista das cinco melhores jogadoras, Gilmara se disse contente pelo desempenho da equipe.

?Claro que queria ter ganho o campeonato, mas estou satisfeita com o terceiro lugar e feliz com a minha equipe. Sem eles não teria recebido este título. É resultado de um trabalho. Acho que para 2019 temos que buscar excelência e conseguir um resultado melhor do que esse ano?, disse a jogadora em declaração exclusiva à Gazeta Esportiva.

Com mais de 4 mil votos computados pelo site da Liga, a americana Briahanna Jackson (Sampaio Basquete) conquistou o troféu craque da galera. O time Funvic/Ituano contou com duas atletas premiadas: Kelly como líder em rebotes, 9,6 rebotes por jogo, e Joice como melhor assistente, 7,6 passes por partida. A homenagem para melhor árbitro ficou com Rodrigo Rodrigues de Moraes.

Nas premiações para as equipes, o São Bernardo venceu o prêmio LBF Social. Já o Blumenau foi condecorado como melhor mascote. O uniforme do Presidente Venceslau foi eleito o mais bonito, enquanto o Uninassau ganhou o prêmio de melhor transmissão web.

Confira todos os premiados da temporada 2018 na LBF:

MVP da competição:

Ariadna (Vera Cruz Campinas)

Quinteto ideal:

Briahanna Jackson (Sampaio Basquete), Melisa Gretter (Vera Cruz Campinas), Ariadna (Vera Cruz Campinas), Thayná (São Bernardo/Brazolin/Unip) e Gil (Uninassau)

Melhor Técnico:

Antonio Carlos Vendramini (Vera Cruz Campinas)

Revelação:

Thayná (São Bernardo/Brazolin/Unip)

Craque da Galera:

Briahanna Jackson (Sampaio Basquete)

Cestinha:

Jaqueline (Santo André/Apaba) ? média de 21 pontos por jogo

Líder em Rebotes:

Kelly (Funvic/Ituano) ? média de 9,6 por jogo

Líder em Assistências:

Joice (Funvic/Ituano) ? média de 7,6 por jogo

Líder em Bolas de três pontos:

Jaqueline (Santo André/Apaba) ? média de 3,3 por jogo

Melhor Árbitro:

Rodrigo Rodrigues de Moraes

Prêmio LBF Social:

São Bernardo/Brazolin/Unip

Melhor Mascote:

Frida (Blumenau)

Melhor Uniforme:

Presidente Venceslau

Melhor Transmissão WEB:

Uninassau

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS