PUBLICIDADE
Esportes

Renato exalta efetividade diante do Ceará: ?Foi o jogo da eficiência?

O Grêmio passou perto de empatar sem gols pela terceira vez consecutiva no Campeonato Brasileiro. Porém, aos 35 minutos do segundo tempo, Everton puxou contra-ataque e deixou Thonny Anderson na boa para dar a vitória a equipe gaúcha diante do Ceará. Após demonstrar mais uma vez dificuldades em jogar com um adversário retraído, Renato Gaúcho [?]

22:15 | 27/05/2018

O Grêmio passou perto de empatar sem gols pela terceira vez consecutiva no Campeonato Brasileiro. Porém, aos 35 minutos do segundo tempo, Everton puxou contra-ataque e deixou Thonny Anderson na boa para dar a vitória a equipe gaúcha diante do Ceará. Após demonstrar mais uma vez dificuldades em jogar com um adversário retraído, Renato Gaúcho destacou a eficiência do time na partida deste domingo.

?Foi o jogo da eficiência. Não criamos tantas oportunidades hoje, mas fizemos o gol. Quando enfrentamos esse tipo de adversário, que têm uma retranca muito boa, temos que fazer o gol. Foi uma vitoria importante. Estamos no bloco da frente. O (líder) Flamengo está a dois pontos da gente. O importante é estar no bolo?, disse o treinador em entrevista coletiva após o triunfo.

Grande nome da equipe na partida, Everton recebeu elogios de seu comandante. O jogou voltou a atuar após ficar quinze dias afastado por conta de uma lesão muscular. ?O Everton fez falta pelo momento que ele vive. Ele vem atravessando uma fase muito boa. Infelizmente ele se machucou. Voltou, no primeiro tempo estava com a perna pesada, mas no segundo tempo voltou a ser o velho Everton. Ele fez uma belíssima jogada no gol. Mas não é só o Everton. O importante é liberar o DM (departamento médico) e ter o máximo de atletas à disposição?, disse Renato.

Na análise do treinador, a postura defensiva adotada pelo Ceará dificultou que o Grêmio marcasse mais gols no embate. No entanto, ressaltou que seus comandados precisam estar preparados para enfrentarem esquemas táticos parecidos com o adversário deste domingo.

?É o respeito dos adversários com o Grêmio. Isso é normal no futebol. Se querem jogar com o Grêmio dessa forma, tudo bem. Mais cedo ou mais tarde, o Grêmio vai furar o bloqueio, como aconteceu hoje. Os adversários não podem esquecer que precisam pontuar, mas o importante é que conseguimos quatro pontos importantíssimos fora de casa (diante de Paraná e Ceará)?, completou o treinador.

Por fim, Renato ressaltou que o Grêmio participa de três competições de forma simultânea (Libertadores, Copa do Brasil e Brasileiro) e disse que o clube precisa estar no pelotão da frente até a parada para a Copa do Mundo.?O mais importante foi a vitória e não deixar o pelotão da frente disparar. O nosso objetivo é esse, já que estamos classificados na Libertadores e na Copa do Brasil. Agora é ficar o mais na frente possível. Querendo ou não, o Grêmio disputa três campeonatos. Mas está muito vem?, finalizou.

Com o resultado, o Grêmio chegou aos 12 pontos e assumiu a quinta colocação. Na próxima rodada, o Imortal recebe o Fluminense na Arena do Grêmio, às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira.

Gazeta Esportiva