PUBLICIDADE
Esportes

Pela 1ª vez, Power vence Indy 500; Knaan e Castroneves abandonam

O domingo no automobilismo foi dos australianos. Se na Fórmula 1, Daniel Ricciardo levou o Grande Prêmio de Monaco, 102ª edição das 500 milhas de Indianápolis foi Will Power quem cruzou a linha de chegada em primeiro. O piloto da Penske largou na terceira posição e superou oito entradas do safety car para conquistar sua primeira [?]

19:45 | 27/05/2018

O domingo no automobilismo foi dos australianos. Se na Fórmula 1, Daniel Ricciardo levou o Grande Prêmio de Monaco, 102ª edição das 500 milhas de Indianápolis foi Will Power quem cruzou a linha de chegada em primeiro. O piloto da Penske largou na terceira posição e superou oito entradas do safety car para conquistar sua primeira vitória na Indy 500.

A segunda colocação ficou com o pole position, Ed carpenter, e Scott Dixon, vencedor da Indy 500 de 2008, completou o pódio. Ryan Hunter-Reay, Simon Pagenaud, Carlos Muñpuz, Josef Newgarden, Robert Wickens e Graham Rahal fecharam o top-10

A ultrapassagem sobre Scott Dixon faltando cerca de 14 voltas lhe rendeu o quarto lugar e foi providencial para o triunfo. Isso porque o trio Stefan Wilson, Jack Harvey e Oriol Servià que vinha a sua frente não tinha combustível o suficiente para aguentar o ritmo até o fim. Com alguns instantes para o fim, entraram nos boxes dando de bandeja a vitória para o australiano.

Entre os brasileiros, Matheus Leist foi o único que completou a prova e cruzou a linha de chegada na 13ª posição.  Hélio Castroneves, então quinto colocado, rodou sozinho na saída da curva 4 na volta 146. O piloto bateu no muro e provocou a quinta bandeira amarela da prova.

Faltando 12 voltas para o fim da prova, foi a vez de Tony Kanaan rodar. O brasileiro bateu no muro interno da pista, colocou o safety car pela oitava vez na pista, e também deu adeus à corrida.

Gazeta Esportiva

TAGS