PUBLICIDADE
Esportes

Para Alonso, corrida de Mônaco foi entediante e monótona

Depois de abandonar a corrida deste domingo na 53ª volta com problemas no câmbio, Fernando Alonso não poupou críticas ao Grande Prêmio de Mônaco, deste domingo. Isso porque essa foi a primeira vez desde 2009 que a prova não teve, sequer, intervenção do safety car. Para o espanhol, o percurso se tornou entediante e monótono. [?]

16:45 | 27/05/2018

Depois de abandonar a corrida deste domingo na 53ª volta com problemas no câmbio, Fernando Alonso não poupou críticas ao Grande Prêmio de Mônaco, deste domingo. Isso porque essa foi a primeira vez desde 2009 que a prova não teve, sequer, intervenção do safety car. Para o espanhol, o percurso se tornou entediante e monótono.

?[A prova] foi extremamente chata. Provavelmente a corrida mais chata da história?, pontuou o bicampeão. ?Sem a entrada do safety car, sem bandeiras amarelas, o esporte precisa pensar um pouco mais a respeito do show, porque este foi um GP decepcionante?.

Com duras críticas ao circuito, o piloto da McLaren ainda destacou que essa foi, provavelmente, a corrida mais chata da história da Fórmula 1. ?Nós temos de dar algo aos fãs o fim da corrida apenas para retribuir um pouco do preço que eles pagaram pelos ingressos?, enfatizou.

No último ano, Alonso perdeu a disputa no Principado para disputar as 500 Milhas de Indianápolis. Desta vez, com o calendário parecido, o atleta ainda alfinetou o GP de Mônaco nas mídias sociais. Em publicação ele ressaltou que assistiria a disputa que acontece em solo norte-americano, a ?corrida real? do dia.

Gazeta Esportiva

TAGS