PUBLICIDADE
Esportes

?Não seria o tenista que sou se não fosse por ele?, diz Federer sobre Nadal

Em 1998, Roger Federer iniciava sua carreira no circuito profissional de tênis. Três anos depois, foi a vez de Rafael Nadal. Desde estão, os tenistas protagonizaram momentos inesquecíveis para os fãs do esporte. No total, são 38 duelos, com 23 vitórias para o espanhol e 15 para o suíço. E segundo Federer, ele não seria [?]

19:00 | 25/05/2018

Em 1998, Roger Federer iniciava sua carreira no circuito profissional de tênis. Três anos depois, foi a vez de Rafael Nadal. Desde estão, os tenistas protagonizaram momentos inesquecíveis para os fãs do esporte. No total, são 38 duelos, com 23 vitórias para o espanhol e 15 para o suíço. E segundo Federer, ele não seria o que é hoje se não fosse pelo rival.

?Tem sido incrível jogar contra Rafa durante tantos anos. Não seria o tenista que sou atualmente se não fosse por ele, que me impulsionou a trabalhar cada vez mais para poder vencê-lo?, destacou o atual número dois do mundo em entrevista à revista Vogue.

Além disso, como no passado, Roger Federer optou por não disputar a temporada de saibro em 2018. Com idade avançada, o suíço e sua equipe entendem que ser necessário um tempo maior de descanso para recuperação total do físico. E com a decisão, o atual número dois do mundo acaba não participando de Roland Garros, segundo Grand Slam do ano, mas revelou o desejo de voltar ao saibro francês no futuro.

?Espero voltar a jogar o torneio antes de minha aposentadoria. Falei com minha equipe e entendemos que se eu quero me manter alguns anos a mais na elite devia mudar meu calendário e assegurar mais tempo de descanso, podendo me recuperar melhore e focar nos treinamentos?, completou Federer.

Gazeta Esportiva

TAGS